My home

Antes e depois: Era um T2 podre, agora é um super apartamento para arrendar

A remodelação é tão impressionante, que os candidatos fazem fila à porta no centro de Lisboa. Veja as imagens.

A decoração da casa não está incluída no arrendamento

Tem cerca de 100 metros quadrados e um terraço. Só por isso a sua remodelação já valeria a pena. Afinal, não são todas as casas no centro de Lisboa que se podem dar ao luxo de ter um agradável espaço exterior, bem no meio da selva urbana.

Situado na Rua Professor Sousa Câmara, na nobre zona do Amoreiras Shopping Center, este ex-T2 (atual T1) está dividido em cinco amplas divisões — terraço inclusive —, sendo que a maior das transformações aconteceu com o derrubamento de um dos quartos, dando assim maior amplitude às restantes divisões da casa. Também a marquise saiu do sítio, permitindo que a sala ganhasse mais espaço.

Depois
Antes

A marquise foi à vida — como deve acontecer sempre

Conforme explica Susana Quina Barros, sócia da Inside Up, empresa responsável pela recuperação do apartamento, “a ideia foi manter a traça antiga da casa, mudando apenas o estritamente necessário”.

Deste modo, portas e respetivos puxadores foram arranjados, mas mantidos os originais, assim como o chão, que foi afagado e envernizado. No chão das assoalhadas da cozinha e casa de banho, foi colocado mosaico hidráulico e, de regresso à sala, as responsáveis quiseram reforçar a viga.

Depois
Antes

No chão da cozinha e da casa de banho foi colocado mosaico hidráulico

No que diz respeito ao exterior, a obra foi mais fundo, e onde um dia estava um chão completamente destruído, hoje encontra-se um deck em madeira mais cosy e confortável, onde certamente o sol baterá com outro ânimo. No mesmo terraço foi colocado uma floreira, dando vida e salpicos de verde ao espaço.

Tal como sugeriu Susana, a ideia por trás da obra foi tornar a casa mais acolhedora e simultaneamente moderna. A decoração que se vê nas imagens é apenas temporária e não fará parte da casa enquanto objeto de arrendamento.

“Todas as peças de decoração são da proprietária que as quis incluir nas fotografias apenas para dar uma noção de espaço a quem consultasse a casa”, adianta Susana.

Depois
Antes

No lugar de um chão completamente destruído, foi colocado um deck em madeira

Susana Quina Barros e Carmen Miranda — os rostos por trás da recuperação da casa —, são as sócias fundadoras da empresa Inside Up. Entre os serviços oferecidos estão o Home Staging, que prepara as casas para venda e arrendamento — como foi o caso do apartamento das Amoreiras; Home Styling, ou remodelação chave-na-mão; e ainda projetos de arquitetura, obras, produções fotográficas, entre outros. O valor da obra em questão teve um custo de 40000€ com honorários.

O apartamento das Amoreiras estava disponível para arrendar, contudo nunca chegou aos sites. Apareceram tantos interessados ao fim de poucos dias que não deu tempo para carregar a informação online.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo