NiTfm live

Moda

Zara e Uterqüe vendem o mesmo vestido — mas o preço é bem diferente

A peça é longa, com mangas curtas e feita com um tecido sustentável.
Vestidos gémeos.

Vestidos compridos que parecem ganga, manga curta e com um cinto da mesma cor. As peças da Zara e da Uterqüe seriam basicamente iguais se não fosse o preço. Enquanto a fast fashion vende o produto por 39,95€, o vestido da Uterqüe custa 99€. É isto mesmo: 60€ de diferença.

Até o tecido das duas marcas é feito a partir do mesmo material — o lyocell. Uma fibra que tem origem em madeira de florestas geridas de forma sustentável para garantir a sua reflorestação. A produção é feita num ciclo fechado que respeita o uso da água e o meio ambiente.

Não é assim tão difícil encontrar peças parecidas com valores diferentes, o que chama a atenção aqui é que as duas marcas pertencem ao império de Amancio Ortega. Quando foi lançada pelo Grupo Inditex, a pretensão da Uterqüe era ser a irmã rica e sofisticada da Zara.

Apesar de ambas seguirem as principais tendências de moda, a concorrência não era desleal. Afinal, quem comprava a marca mais cara também estava à espera de um produto superior e feito com materiais mais nobres. Aparentemente, esta temporada, ZaraUterqüe também estão na luta pelo trono e querem atrair o mesmo cliente.

A fast fashion espanhola descreve o look como um “vestido com decote de aba e manga curta. Detalhe de cinto do mesmo tecido, bainha com abertura à frente e fecho frontal com bolsos combinados em contraste”.

Já a concorrente mais cara destaca o tecido da peça e diz que o “vestido é confecionado em lyocell. É um desenho comprido com cinto e manga curta, com fecho mediante botões a contraste”. Percebeu a diferença? 

Uterqüe à esquerda e Zara à direita.