NiTfm live

Moda

Vestido de Naomi Campbell que simula ferida de bala está a irritar meio mundo

A proposta ousada pertence à jovem designer britânica Mowalola Ogunlesi.
Tem 49 anos.

Nos últimos dias, Naomi Campbell tem sido presença assídua na Semana da Moda de Paris, em França. Num dos eventos, a manequim de 49 anos surgiu com um vestido branco, sem costas, que tinha um buraco de uma falsa bala — com sangue incluído.

O look não foi bem recebido por centenas de cibernautas que usaram as redes sociais para mostrarem a sua indignação. Segundo eles, Naomi está a ofender as vítimas de crimes com recurso a armas de fogo. 

Aqui está a proposta.

Em entrevista ao jornal “Daily Mail”, Lucy Cope, que fundou o Mothers Against Guns UK depois do filho ter sido assassinado a tiro em Londres, em 2002, disse: “Isto é um insulto para cada pessoa cujo filho foi assassinado no Reino Unido. Odeias quando as celebridades acham que é ótimo dar ‘glamour’ ao crime armado. É nojento”.

Entretanto, a manequim já se manifestou em relação à sua escolha, admitindo que estava a fazer uma declaração política com aquela peça para a instituição Fashion For Relief. “Este vestido não tem nada a ver com ‘glamour’ de crimes com armas. É uma afirmação artística. Eu queria apoiar a jovem designer britânica Mowalola Ogunlesi, que está a fazer um ótimo trabalho e é apaixonada por trazer ao debate um problema tão sério através dos seus projetos.”

Também a estilista emergente fez algumas declarações. Segundo ela, “pretende aumentar a consciencialização de que todos podem ser alvo de violência armada”.