NiTfm live

Moda

Street artist português cria máscaras solidárias que apoiam animais em extinção

1€ de cada acessório de Edis One reverte para a Associação Natureza Portugal, que trabalha com a World Wide Fund for Nature.
Um dos trabalhos do artista.

Edis One nasceu em Lisboa em 1990. Ligado há muitos anos à arte do graffiti, já pintou em cidades como Madrid, Barcelona, Vienna, Amesterdão, Liubliana, Praga, Zagreb, Miamiou Bali. Em 2016, inclusive, entrou para o recorde do Guiness, depois de ter participado no maior muro pintado do mundo com luz negra, nos Emirados Árabes Unidos.

No site, este street artist dá a conhecer não só todo o seu percurso profissional, como tem uma secção dedicada à venda dos seus trabalhos. A grande novidade surgiu depois de a pandemia de Covid-19 se instalar em Portugal.

Edis One tem uma nova coleção de máscaras sociais, que pertencem ao Original Extinction Art Project — um projeto criado há dois anos que tem como objetivo sensibilizar as pessoas através de murais pintados, para uma das maiores extinções do nosso planeta.

Estes acessórios custam entre 11,90€ e 12,90€ e são solidárias — 1€ de cada venda é doado à Associação Natureza Portugal, que trabalha com a World Wide Fund for Nature, e da qual o artista é embaixador.

As máscaras, produzidas em Portugal, têm padrões de vários animais e são feitas com matéria prima certificada pelo Citeve. São antibacterianas e podem ser lavadas a temperaturas de 60 graus. Cada uma traz um postal com cinco curiosidades sobre a espécie representada.

A seguir, carrega na galeria para conhecer melhor estas novas propostas.