NiTfm live

Moda

Senhoras, senhores e adolescentes: chegaram as novas sapatilhas New Balance

Existem clássicos reinventados, mas também modelos novinhos com cristais Swarovski.
As amigas estão felizes.

Provavelmente não sabe, mas quando foi criada, em 1906, a New Balance apresentava-se como especialista em calçado e palmilhas ortopédicas. O seu fundador, William Riley, era um emigrante inglês que vivia no estado de Massachusetts, nos EUA, e trabalhava como empregado de mesa. Na altura, o jovem de 33 anos foi aconselhado pelo médico a usar calçado mais confortável e decidiu ser ele a desenhar o próprio modelo.

Pode parecer estranho, mas Riley inspirou-se nas patas da galinha. Ele achava que as três unhas que a ave possuía lhe davam o equilíbrio perfeito — daí o nome “New Balance”. O calçado teve tanto sucesso que em 1909 o emigrante passou a estar registado no catálogo comercial de Boston como sapateiro, uma grande honra para a época.

Em 1934, quando já revendia as sapatilhas para vários fornecedores, Riley recebeu uma proposta para desenhar modelos por medida para vários atletas. A ideia era que o calçado fosse o mais confortável possível e se moldasse mesmo à forma do pé. Começou por criar uma coleção exclusiva para o grupo de corrida Boston Brown Bag Harriers e mais tarde para o atleta Dan McBride.

Vários anos depois, em 1975, Tom Fleming ficou em primeiro lugar na clássica maratona de Nova Iorque. No final, agradeceu à marca de sapatilhas americana, que ainda hoje é bastante reconhecida em vários desportos. Mas não só. Com tanto sucesso, James “Jim” S. Davis, atual dono da New Balance, achou que fazia sentido criar uma linha de sapatilhas de lifestyle, em 1990.

Desde aí que todas as estações surgem novos modelos que as fashion lovers adoram conjugar com vestidos fluídos, saias plissadas e jeans. A NiT foi à procura dos modelos mais incríveis da nova coleção e mostra-os na galeria a seguir.