NiTfm live

Moda

Retro denim: largue as skinny jeans de vez

Algumas das mais icónicas celebridades da história mostram como o corte original — reto e non-stretch — dos jeans consegue ser o cúmulo do cool.

Cindy Crawoford
Drew Barrymore
Debbie Harry
Cher
Kate Moss
Winona Ryder
Jean Seber
Christy Turlington

Jane Birkin, Debbie Harry ou Kate Moss — todas de caráter muito singular — são alguns dos nomes que nos vêm à cabeça quando o tema é estilo effortless. Pensamos nelas e imediatamente visualizamos jeans de cintura subida, corte reto — e nunca esterlicado—, um básico enquanto parte de cima e, nos pés, o que tiver de ser — a máxima “qualquer trapo lhe fica bem” assenta-lhes que nem uma luva.

Jane Birkin

Há bem pouco tempo, publicámos um artigo onde profissionais da moda separavam as tendências que iriam continuar in das que passariam a estar out já no próximo ano. Entre elas, as skinny jeans foram catalogadas com um redondo out, uma realidade que já se vem sentindo nas últimas temporadas com a febre das mom jeans — no fundo, os jeans retro de sempre com um novo termo por trás — ou mesmo através do modelo boyfriend, uma espécie de [levi’s] 501 reinventado.

A realidade é que, numa fase em que o conforto comanda as prioridades da moda, colocando no topo da pirâmide peças como os ténis, as sweatshirts, ou mesmo as calças estilo fato de treino — que surgem em materiais enriquecidos, como o veludo, para não fazerem lembrar domingueiros de antigamente —, os jeans justíssimos e castradores, como pode ser o modelo skinny, deixam de fazer sentido.

É certo que estes tiveram os seus tempos áureos, e igualmente correto que Kate Moss (nas imagens com um modelo retro), foi até uma das responsáveis pela loucura da tendência que fez furor durante pelo menos uma década, mas é maravilhoso — quase libertador — saber que há vida além dos skinny jeans. E uma vida a rebentar de estilo.

Se restam dúvida confira as imagens.