NiTfm live

Moda

As peças de roupa perfeitas para as mulheres que se acham demasiado magras

Há jeans, casacos, vestidos e até padrões que dão a ilusão de um corpo mais curvilíneo.

Karl Lagerfeld, o senhor Chanel, que morreu a 19 de fevereiro de 2019, era um homem sem medos. Dizia sempre tudo o que pensava. Uma das maiores obsessões do “Kaiser” — como era conhecido por ser alemão (nasceu em Hamburgo em 1933) — eram as manequins magras, que tinham presença assídua nos seus desfiles.

“Prefiro a magreza excessiva à obesidade. As grandes marcas precisam de se basear em corpos finos para criarem as propostas. Se eu emagreci para caber na roupa que queria, por que é que elas não podem fazê-lo?”, disse, uma vez, em entrevista ao jornal “Channel 4 News”.

E foi ainda mais longe: “há menos de um por cento de anoréticas e mais de 30 por cento de mulheres com peso acima da média. É com elas que deveriam preocupar-se. Isso sim é muito mais perigoso para a saúde”, garantiu.

Embora a percentagem de pessoas gordas seja superior à das magras — em Portugal, por exemplo, 67,6% da população tem excesso de peso — todos sabemos que esta obsessão de Lagerfeld não fazia sentido. Afinal, o objetivo para mantermos uma boa qualidade de vida deve ser comum a todos: ser-se saudável, independentemente de ter ou não uns quilos a mais.

Acontece que o peso do ser humano varia em função de diversos fatores como o sedentarismo, mudanças hormonais, stress ou uso de medicação. Graças a isso, muitas pessoas acabam por ter uns quilos a mais — outras, pelo contrário, não conseguem engordar e têm estaturas demasiado esguias.

Caso faça parte deste último grupo, saiba que há peças de roupa que dão a ilusão de que tem mais curvas. Ao conjugá-las com os acessórios certos consegue esconder as partes do corpo que menos gosta e evidenciar outras.

Para que saiba em que looks deve investir, a NiT fez uma seleção de propostas. Carregue na galeria a seguir para conhecê-las.