NiTfm live

Moda

O tecido que nunca pensou usar e que é a nova moda do street style

Nesta temporada a organza surge em macacões, camisas e vestidos. As it girls já não largam as propostas deste género.
Imagem meramente ilustrativa.

Margaret, ou Condessa de Snowdon, se preferir, foi uma das princesas mais polémicas da sua geração. Começou por apaixonar-se por um homem divorciado que trabalhava para o seu pai, Peter Townsend, mas a igreja anglicana nunca aprovara o casamento. 

Infeliz, acabou por aceitar o pedido de casamento do fotógrafo Antony Armstrong-Jones, nomeado Conde de Snowdon pela rainha Isabel II. Para a cerimónia, Margaret escolheu um vestido que foi apelidado como “o mais simples da História”. Desenhada por Norman Hartnell, a proposta era toda em seda e organza, um tecido bastante delicado.

Margaret e Antony Armstrong-Jones.

Embora este seja, inevitavelmente, um material muito associado aos looks de cerimónia, tem tudo para tornar-se numa das maiores tendências do street style dos próximos tempos.

Depois de Lenny Niemeyer, Cecilie Bahnsen e do japonês Tomo Koizumi terem apostado na organza nas suas coleções, durante as Semanas da Moda de Nova Iorque e Copenhaga, chegou a vez das fast fashion incluírem este tipo de propostas nas linhas de meia estação.

Não é, de todo, um tecido fácil de usar no dia a dia. Demasiado nobre, torna qualquer look mais clássico e elegante — mesmo que o seu destino seja ir apenas ao café com os amigos.

Contudo, com uma indústria da moda cada vez mais democrática, a mistura de estilos tem sido uma constante. Por isso, se conjugar a organza com jeans, ninguém vai levar a mal — é tendência.

A seguir, carregue na galeria para conhecer as propostas neste tecido que sugerimos para a próxima estação.