NiTfm live

Moda

CRU Swimwear: a nova marca de fatos de banho feitos à mão

São em croché e forrados a lycra por quatro costureiras — daquelas mesmo a sério — em Lisboa.

São feitos em croché, mas têm lycra por baixo

Quando em 2015 decidiu fazer Erasmus na Holanda, Catarina Gil tinha demasiado tempo livre. A jovem de 22 anos — já formada em Medicina Dentária e a fazer a licenciatura em Gestão — precisava de algo que a ocupasse e “realizasse a 100 por cento” durante os tempos livres, conta à NiT.

Foi depois de uns passeios pelas zonas de lojas criativas de Amesterdão que surgiu a ideia de criar uma marca de swimwear “totalmente feita à mão, em Portugal, por portugueses”. Ainda por lá, Catarina começou a pesquisar tendências, a fazer uns rabiscos e a criar toda a ideia que, passados uns meses, daria origem à CRU Swimwear.

De volta a Portugal, a jovem foi à procura de quem pudesse pegar na matéria-prima e a transformasse. “Tinha de ser o croché. Pesquisei e fiquei a saber que existiam “crocheteiras”, as pessoas certas para costurarem a coleção”.

Encontrou quatro na zona de Lisboa. São elas que fazem os 13 modelos da coleção em várias cores. “Ao todo, são 21 biquínis e fatos de banho. Embora haja apenas 13 modelos, como são todos feitos à mão não há nenhum igual”. O que, para Catarina, até é bom — “quero que a mulher se sinta única”.

Embora todas as peças sejam feitas em croché, elas são forradas a lycra portuguesa e têm elástico para que sejam mais flexíveis. “As pessoas têm muito a ideia de que o croché alarga e não se adapta a todos os corpos. Assim com o elástico não há esse tipo de problema”, explica à NiT.

Catarina desenha todos os modelos. A inspiração chega dos anos 60 e 70 — décadas pelas quais “tem um fascínio”. Os biquínis custam entre os os 82€ e os 94€ — os fatos de banho chegam aos 135€, “num modelo de edição limitada”. Todos eles estão à venda na loja online.

Carregue na imagem para ficar a conhecer melhor a coleção da CRU Swimwear.