Lojas

Vai fechar a histórica Casa Frazão, que existe desde 1933 em Lisboa

Fica na Rua Augusta. Os responsáveis aceitaram uma oferta do senhorio para acabarem com o negócio.

A procura tem sido cada vez menos.

Lisboa perde mais uma loja histórica. A Casa Frazão, na Rua Augusta, fundada em 1933, vai fechar em junho. A Baixa ficará agora com apenas um espaço exclusivamente dedicado aos tecidos, a Londres Salão.

“Tivemos uma oferta do senhorio e concluímos que não vale a pena estarmos aqui mais cinco anos”, disse à Agência Lusa Manuel Figueiredo, um dos sócios da Casa Frazão, citado pelo “Sapo 24”.

Trabalha naquele espaço há 34 anos, mas decidiu que já chega ao receber a proposta do senhorio, que pretende usar o espaço de outra forma. Outra sócia, que também é funcionária na loja, Isabel Queiroz, diz que a decisão é “de comum acordo” e “foi muito ponderada e tomada numa assembleia geral de acionistas”.

“Ainda pensámos ir para outro lado, mas as rendas são insustentáveis. E a Casa Frazão é aqui”, acrescenta Isabel Queiroz, sobre o espaço onde trabalha há 28 anos — e onde o seu pai também era um funcionário.

Desde o início do século que a procura tem reduzido, por causa das alterações na indústria da moda, a crise, e, mais recentemente, o facto de haver cada vez menos interesse de clientes angolanos.