NiTfm live

Lojas e marcas

Jak Shoes: as sapatilhas portuguesas mais bonitas já têm uma loja no Porto

O espaço fica no número 28 da Rua de Santa Catarina, que costumava pertencer à perfumaria Tinoco.
O espaço é maravilhoso.

Desde o dia 1 de novembro que a icónica Rua de Santa Catarina, no Porto, passou a ter mais uma loja pela qual não vai conseguir passar sem tirar a carteira do bolso. A marca portuguesa Jak Shoes instalou-se no número 28 com as sapatilhas de pele mais bonitas do País, num espaço que costumava pertencer à perfumaria Tinoco.

A marca de Lisboa foi fundada em 2014 por Isabel Henriques da Silva e José Maria Reffoios, mas a dupla decidiu abrir o primeiro espaço próprio na cidade do norte, onde “o público está disposto a gastar mais dinheiro em moda”, explica o sócio à NiT. Os 66 metros quadrados foram desenhados por Tiago Silva Dias e pretendem replicar o que já faziam online — e que José Maria descreve como um “fator uau” na experiência de compra.

Há vários modelos para experimentar.

Se entrar na loja da Jak Shoes, pode ficar por lá o tempo que quiser — e ainda lhe servem um café. Vai encontrar todas as propostas da marca de calçado, que só vende sapatilhas unissexo, feitas em fábricas familiares portuguesas, que se especializaram na área ao longo de várias gerações. As peles de alta qualidade foram todas escolhidas a dedo pelos fundadores. “Somos muito picuinhas”, revela José Maria, que testou com Isabel 16 fornecedores diferentes antes de encontrar a pele branca perfeita para produzir os modelos.

“Damos muita atenção ao detalhe, isso está em toda a linha”. Todas as peças têm forros em pele e palmilhas de couro, e a borracha das solas é natural — pormenores que fazem toda a diferença na durabilidade do calçado. A Jak Shoes não lança coleções, mas modelos individuais e intemporais, que vai poder usar para o resto da vida. Isso significa que também não fazem saldos, apostando, em vez disso, em praticar preços competitivos numa marca que poderia ser considerada de luxo.

Não se esqueça de pedir um café.

Isabel estudou design gráfico no IADE, antes de tirar um mestrado em moda na Faculdade de Arquitetura de Lisboa. Depois de uma breve experiência em comunicação, decidiu lançar-se num projeto próprio com a Officina Lisboa, em 2012, que se especializa em botins, loafers e mules simples, feitos com materiais naturais. Já José Maria estudou engenharias de telecomunicação e de informática no ISCTE, mas nunca acabou nenhum curso, dedicando-se antes às suas empresas nas áreas do webdesign e publicidade.

Quando conheceu Isabel através de amigos em comum, já trabalhava com serviços há oito anos e estava pronto para um novo desafio. Decidiu investir na Officina Lisboa, um projeto em que acreditou desde o início e, pouco a pouco, foi-se envolvendo cada vez mais. Em 2014, lançaram juntos a Jak Shoes e dois anos mais tarde decidiu que já não queria trabalhar em mais nada além das empresas que tinha com a sócia.

É esta a fachada.

Agora, a dupla deu mais um passo ao abrir a primeira loja da marca de sapatilhas, onde estão à venda dez modelos clássicos em tons neutros, que vão do branco ao preto, passando pelo creme e cinza. Os preços variam entre os 140€ e os 170€. A melhor parte é que todos servem a homens e mulheres: os tamanhos vão sempre do 36 ao 46.

De seguida, carregue na galeria para conhecer melhor os modelos da Jak Shoes (e também os seus fundadores).