NiTfm live

Lojas e marcas

Adidas e outras marcas lançam coleções com as cores do arco-íris (e há um motivo)

As peças são dedicadas ao mês do orgulho gay, comemorado em junho.
Esta é uma das propostas.

Junho é o mês do orgulho LGBTI+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgénero, Intersexo e outras identidades). Além das marchas que pintam as cidades com as cores do arco-íris, há marcas de todo o mundo a lançarem coleções para celebrar o direito às diferenças. Adidas, Levi’s, Nike, Converse e H&M são apenas algumas delas.

Este mês foi escolhido por marcar os 50 anos da Revolta de Stonewall, nos Estados Unidos, que aconteceu a 28 de junho de 1969. Nessa data, a polícia invadiu um bar de Nova Iorque (o Stonewall Inn) disposta a prender os clientes — a maioria homossexual —, mas a comunidade reagiu e protestou, iniciando um dos primeiros movimentos ativistas sobre o tema.

Apesar de toda a movimentação em torno do assunto, a comunidade LGBTI+ ainda luta por reafirmar os seus direitos. Esta quinta-feira, 13 de junho, o Supremo Tribunal Federal do Brasil aprovou a criminalização da homofobia e da transfobia. Os ministros consideraram que atos preconceituosos contra homossexuais e transexuais devem ser enquadrados no crime de racismo. Com a decisão, o Brasil é o 43.º país a tornar a homofobia crime.

Por outro lado, os Estados Unidos proibiram, esta segunda-feira, 10 de junho, que as embaixadas norte-americanas hasteiem bandeiras gay. As missões diplomáticas passam a ser obrigadas a pedir autorização para expor qualquer outra bandeira que não a daquele país. E os meios de comunicação noticiaram que Washington já tinha recusado vários pedidos como este.

De acordo com o jornal “Público“, o Departamento de Estado tinha já sido criticado por causa da decisão de não atribuir vistos norte-americanos aos parceiros dos diplomatas estrangeiros homossexuais que se instalem nos Estados Unidos a menos que sejam casados.

Em Portugal, Aveiro vai receber a Marcha do Orgulho LGBTI+ pela primeira vez a 15 de junho, sábado. Uma semana depois, no dia 22, a capital recebe o Arraial Lisboa Pride. O evento ocupa o Terreiro do Paço desde 1997 para dar visibilidade ao movimento. Este ano, Johnny Hooker faz parte da programação da festa.

Carregue na galeria para conhecer as peças criadas especialmente para este mês comemorativo e que podem servir de inspiração para quem quiser apoiar a causa.