NiTfm live

Decoração

Aprenda a montar um quarto montessoriano e onde pode comprar tudo o que precisa

Camas baixinhas, mesas pequenas e estantes ao alcance dos miúdos são alguns dos itens fundamentais para estimular a autonomia e a liberdade dos mais pequenos.

Um quarto para miúdos, não para adultos. Esta é a premissa da decoração de um quarto montessoriano — inspirado no método de ensino criado pela pediatra e educadora italiana Maria Montessori, em 1906.

Montessori também foi a primeira mulher a licenciar-se em medicina, em Itália. A médica concentrou-se em dar assistência a crianças com necessidades especiais e utilizou a psicologia para compreender as necessidades dos pequenos. A metodologia educacional criada pela italiana, e que se tornou numa tendência um século depois, dá prioridade à autonomia infantil. Ou seja, ao ser adaptada à decoração dos quartos, defende que a escolha dos brinquedos e dos móveis deve ser feita como se fôssemos pequeninos e não como adultos. 

Aqui, tudo deve ser baixinho — posicionado na altura das crianças — para criar um ambiente mais favorável de desenvolvimento e para que possam explorar o espaço sem depender da ajuda dos pais, com mais liberdade.

A seguir esta filosofia, os brinquedos devem estimular a imaginação e estar dispostos em estantes baixas ou em caixas sem tampas para que as crianças possam tirá-los à vontade. Mas cabe aos pais impor as regras de convívio.

Os responsáveis devem impor limites e estabelecer regras para o uso do espaço. Para despertar o interesse das crianças, os pais podem alternar os brinquedos e jogos disponíveis para não gerar monotonia. A cada 15 dias, por exemplo, podem guardar alguns brinquedos e deixar outros ao alcance dos bebés”, explica a educadora e psicomotricista, Renata Mousinho.

Algumas coisas são fundamentais para estimular as experiências sensoriais no quarto montessoriano. A cama baixa ou o colchão no chão deve ser o primeiro item da lista de compras para este tipo de decoração. Assim, a criança pode levantar-se sem ter que chamar pelos pais. Mesas e cadeiras também devem ser em miniatura.

“Para estimular a leitura, além dos brinquedos, os livros também devem ficar à mostra, pois é na primeira infância que este hábito é desenvolvido. Com os livros ao alcance das mãos, os pequenos podem folheá-los sozinhos. Na altura da criança também deve ter um espelho para que ela comece a reconhecer sua própria imagem, explica a arquitecta Flavia Malvaccini — que optou pelo método para projetar o quarto da própria filha, Laura.

A arquitecta recomenda um cuidado a mais com a segurança. Todos os itens devem ser bem fixados às paredes para criar um ambiente confiável para o desenvolvimento da criança, sem risco de lesões.

“Uma barra de apoio, por exemplo, auxilia os bebés que estão a dar os primeiros passos. Assim, não precisam que os segurem pelas mãos. Também aconselhamos o uso de tapetes e de diferentes texturas no quarto para haver uma maior experiência sensorial no espaço”, diz Flavia.

É importante lembrar que a decoração do quarto montessoriano deve ser modificada conforme o crescimento da criança, adaptando-se sempre à sua idade.

Carregue na galeria para saber onde comprar móveis para um quarto montessoriano.