NiTfm live

Viagens

Viagens de avião deixam de ter limite de passageiros a partir de junho

Medida entra em vigor no primeiro dia do mês. O uso de máscara comunitária será obrigatório.
A lotação atual é de dois terços.

O governo anunciou esta quinta-feira, 21 de maio, que a partir do dia 1 de junho, os aviões deixam de ter lotação de passageiros de dois terços devido à pandemia do novo coronavírus, noticia a “Lusa”.

Porém, o uso de máscara comunitária será obrigatório durante todas as viagens. O gabinete do ministro das Infraestruturas e da Habitação refere, citado pela mesma agência, que “importa agora alinhar as regras nacionais pelas regras europeias no que toca ao transporte em aviação civil, em que uma estratégia europeia e internacional uniformes são fundamentais para a retoma do setor e da confiança dos passageiros”.

“Em termos internacionais, têm vindo a ser estudadas e propostas recomendações sobre um conjunto de medidas sanitárias de combate à epidemia SARS-CoV-2 no setor dos transportes aéreos e a limitação de capacidade das aeronaves não faz parte dessas recomendações.”

“Não se justifica, por isso, que Portugal as mantenha, prejudicando as companhias sujeitas à sua jurisdição”, continua o executivo, que decretou a redução da lotação de passageiros nos aviões para dois terços no início crise sanitária provocada pelo novo coronavírus.

Até ao final da manhã desta quinta-feira, verificavam-se mais de cinco milhões de casos de Covid-19 em todo o mundo. Já morreram mais de 328 mil pessoas.