NiTfm live

Viagens

Vão ser proibidos aparelhos eletrónicos em voos para o Reino Unido e EUA

Em voos diretos de alguns países do Médio Oriente só os telemóveis vão ser permitidos como bagagem de mão.

Tablets, computadores portáteis e outros aparelhos eletrónicos vão ser proibidos de seguir com os viajantes, em voos diretos desde alguns países do Médio Oriente, com destino ao Reino Unido e EUA.

Foi na América onde primeiro foi anunciada esta política, que muitos consideraram tratar-se de um nova proibição aos emigrantes -visto que são países principalmente Muçulmanos. A notícia foi divulgada na terça-feira em comunicado da Segurança Interna do país, onde explica que esta medida se deve a questões de segurança e ao risco de atentados terroristas.

“A análise de informações indica que grupos terroristas continuam a visar o transporte aéreo e procuram novos métodos para realizar os seus atentados, como dissimular explosivos em bens de consumo”, diz o comunicado. 

Desde que as medidas foram sido anunciadas, que foi dado às companhias aéreas 96 horas para criarem medidas para que os viajantes não entrem nos aviões com estes aparelhos.

Agora, o Reino Unido irá também seguir estas medidas. O The Guardian cita fontes do governo dizendo que também serão proibidos os aparelhos electrónicos e até máquinas fotográficas maiores que telemóveis, nos voos de alguns aeroportos do Médio Oriente. 

Ainda será lançado o comunicado oficial do governo britânico sobre esta questão e ainda não são conhecidas as medidas de como esta política será adotada, nem os aeroportos sujeitos à proibição.

Para os EUA, países como o Qatar, os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita e até a Turquia, têm aeroportos sinalizados nesta interdição. No caso de pretenderem viajar com estes aparelhos, a única hipótese é que estes façam parte da bagagem de porão.