NiTfm live

Viagens

Chuva e inundações: temporal no sul de Espanha causa três mortes

Cheias já obrigaram ao encerramento do aeroporto e de escolas na província de Almeria, no sul do país.
Chuvas intensas em Espanha.

O sul de Espanha está a ser afetado pelas chuvas mais intensas dos últimos cem anos. O temporal com ventos fortes e mais de 300 litros de água por metro quadrado já provocou a morte de três pessoas, além de vários acidentes e encerramentos de escolas e do aeroporto de Almeria, na região da Andaluzia.

Na noite desta quinta-feira, a polícia de Almeria confirmou a morte de um homem que ficou preso dentro de um túnel durante a intensa chuva que inundou o local em poucos minutos. Pela manhã, dois irmãos, de 61 e 51 anos, também morreram dentro de um carro que foi arrastado pela água em Caudete, na comunidade de Castela La Mancha.

As águas forçaram ainda o corte de estradas e da autoestrada A31, na região de Almança. A DANA — acrónimo espanhol para Depressão Isolada de Nível Elevado — tem causado o transbordo de rios, despejos e destruição nas cidades de Valência, Múrcia e Castela La Mancha. As fortes inundações já afetaram diversas localidades e centenas de pessoas precisaram ser resgatadas.

Castela La Mancha e as ilhas Baleares estão em alerta laranja, confrontadas com menor intensidade de chuva e vento, mas ainda assim com receio de uma deterioração das condições climatéricas.

Os serviços de meteorologia prevêem ondas de três metros nas ilhas de Ibiza e Formentera, no mar Mediterrâneo.