NiTfm live

Viagens

TAP vai trazer portugueses de Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé

O Ministério dos Negócios Estrangeiros garantiu que, durante a próxima semana, a companhia aérea vai permitir o regresso ao País.
Boas notícias para quem está lá fora.

A história repete-se em vários pontos do mundo: cidadãos portugueses que estavam no estrangeiro, em trabalho, voluntariado ou lazer, quando a situação da pandemia do coronavírus escalou subitamente em todo o mundo, começaram a ver os seus voos cancelados e as restrições cada vez mais apertadas.

Porém, há boas notícias para alguns deles: durante a próxima semana, a TAP vai voar para Cabo Verde (Praia e Sal), Guiné-Bissau (Bissau) e São Tomé e Príncipe para permitir o regresso de vários portugueses retidos.

A confirmação foi dada à “Lusa”, citada pelo “Jornal Económico“, por Augusto Santos Silva, fonte do gabinete do ministro dos Negócios Estrangeiros. “O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) garantiu junto das autoridades locais disponibilidade para a autorização de voos da TAP para permitir o regresso de cidadãos portugueses”.