NiTfm live

Viagens

O metro de Londres é mais poluído do que o de Nova Iorque e Pequim

A poluição registada na rede de metro de Londres é cerca de 15 vezes pior do que aquela que se encontra acima do solo.
Estudo do King's College de Londres.

Um estudo realizado pelo King’s College de Londres, Inglaterra, revelou que a concentração de partículas tóxicas (chamadas PM2.5) é bem maior na rede de metro da cidade do que nas zonas mais congestionadas, como Hyde Park ou Oxford Street.

Segundo o estudo, citado pelo “Daily Mail”, as linhas Victoria e Northern são mais poluídas do que a rede de metro de cidades como Nova Iorque (EUA), Los Angeles (EUA), Pequim (China), ou Seul (Coreia do Sul).

As estações londrinas mais poluídas são as de Waterloo, London Bridge e Oxford Circus. Já as linhas de District Line e Docklands Light Railway, que têm várias partes acima do solo, são as menos poluídas.

David Green, líder da investigação, garante que estes são os níveis mais altos de poluição que os passageiros irão encontrar no seu dia. A importância do estudo prende-se com o facto de ser a primeira vez que são medidos os níveis de partículas tóxicas no sub solo.

A inalação destas partículas está ligada a problemas de saúde como doenças de coração, AVC e cancro do pulmão. Porém, ainda não foram estudadas as diferenças dos efeitos da inalação de PM2.5 no sub e acima do solo.