NiTfm live

Viagens

O famoso Expresso do Oriente poderá voltar a circular

A SNCF, companhia ferroviária francesa, quer trazer o mítico percurso Paris — Istambul de volta à vida.
A última viagem foi em 1977.

A companhia ferroviária francesa SNCF tem, a partir deste mês de maio, sete carruagens dos anos 1920 expostas na estação Gare de l’Est de Paris após terem sido restauradas durante sete anos. Três das carruagens-restaurante pertenceram ao mítico Expresso do Oriente, que entre 1883 e 1977 fez o trajeto Paris — Istambul.

O famoso comboio é um dos transportes mais marcantes de sempre e faz parte da cultura popular, sendo o centro de vários livros e filmes como o célebre “Um Crime no Expresso do Oriente”, livro de 1930 escrito por Agatha Christie que inspirou vários filmes (o de 1973 foi filmado na carruagem-salão Pullman do transporte original).

Juntamente com o Transiberiano, o Expresso do Oriente é o comboio mais conhecido da história. O seu interior é do máximo requinte e foi usado por famosos de cada época em que circulou, assim como comerciantes, diplomatas e até mesmo espiões.

A SNCF comprou a marca Orient Express depois de deixar de funcionar, em 1977, mas só começou a restaurar as carruagens deste comboio em 2011. “Para restaurá-las tivemos de recorrer aos nossos arquivos para encontrar as plantas originais, padrões de tecidos, etc”, explicou Guillaume Pepy, presidente da SNCF, citado pelo “The Japan Times”.

“É, claramente, um grande investimento, cerca de 14 milhões de euros, mas é um investimento em património ferroviário”, referiu Pepy. As peças saem algumas vezes do local onde estão guardadas, para exposições ou convenções.

“O nosso objetivo é ter o Expresso do Oriente de volta aos caminhos ferroviários europeus”, afirmou. A SNCF espera obter lucros com o interesse renovado por estes transportes.

Em 2018, a companhia ferroviária francesa vendeu 50,1 por cento da empresa ao grupo hoteleiro Accor, que quer usar o mesmo nome para hotéis de luxo. Por enquanto, o Venice Simplon-Orient-Express, um veículo similar, faz viagens entre Calais (França), Paris (França), Verona (Itália) e Veneza (Itália).

Quanto à mítica viagem Paris — Istambul, a SNCF está a realizar os trabalhos técnicos necessários para avaliar as condições da possibilidade destas carruagens voltarem a funcionar e espera ter uma resposta positiva ainda este verão.