NiTfm live

viagens

Noruega vai ter um túnel flutuante no meio das fiordes

O projeto deverá estar concluído em 2050 e prevê um investimento de 35 mil milhões de euros.
O túnel terá 27 quilómetros.

Ir do norte ao sul da Noruega pode traduzir-se numa viagem com sete ferries e mais de 20 horas. Naturalmente, o governo daquele país quer que o trajeto seja mais curto, por isso, apresentou esta segunda-feira, 4 de fevereiro, um projeto de um túnel flutuante que vai passar por várias rochas.

Este será o mais profundo e longo túnel de rochas no mundo. Terá 27 quilómetros escavados e também pelo mar, com 400 metros de profundidade. A Norwegian Public Roads Administration é a empresa responsável pelo projeto e estima que a obra esteja concluída em 2050.

Terá 27 quilómetros de extensão.

Segundo o “National Post”, o projeto irá custar cerca de 35 mil milhões de euros. O túnel será uma continuação da estrada E39, uma das mais usadas na Noruega. A obra será feita com tubos de cimento com 1700 metros de extensão. Por enquanto, ainda não se sabe quando irá começar a ser construído.

Os fiordes da região, as entradas de mar entre grandes montanhas rochosas, são as grandes responsáveis pelo tempo que demora a fazer a viagem do norte ao sul do país.