NiTfm live

Viagens

Maior seca do século deixa Victoria Falls em risco — há imagens chocantes

As famosas cataratas africanas estão praticamente reduzidas a uma linha de água.
Ninguém fica indiferente.

Quem tem passado pelas Victoria Falls, as famosas quedas de água em África, fica completamente chocado. A seca na região entre o Zimbabué e a Zâmbia, considerada a maior do século, reduziu as incríveis cataratas a uma linha de água.

As imagens chocantes do antes e depois, que estão a ser partilhadas em todas as redes sociais, têm sido vistas como mais um dos alertas das consequências das alterações climáticas, estando agora em risco uma das maiores atrações turísticas da região, que são património mundial da UNESCO. 

Embora a redução da água seja normal nesta altura do ano, pouco resta da queda de água de 100 metros. Aliás, de acordo com a Autoridade do Rio Zambeze, o fluxo do rio está nos níveis mais baixos desde 1995.

Nos anos anteriores, quando o tempo fica seco, não é tanto quanto este ano. Isto afeta-nos porque os clientes podem ver na Internet [que as cataratas estão a secar]… Não temos muitos turistas”, revela um vendedor local ao jornal britânico “The Guardian”.

Além do impacto negativo para o turismo, a seca está a afetar fortemente a vida dos habitantes. É que o Zimbabué e a Zâmbia também estão a sofrer cortes de energia, uma vez que a seca tem provocado grandes dificuldades na produção de energia na barragem. Estas regiões enfrentam também a falta de água e dificuldade em cultivar.