NiTfm live

viagens

Governo português desaconselha viagens a Paris por causa de novos protestos

É recomendado que evite deslocações à capital francesa que não sejam necessárias, devido às manifestações esperadas.
Tenha cuidado.

Se tem viagens pensadas ou mesmo marcadas para Paris nos próximos dias, é melhor reavaliar. O Governo português está a desaconselhar deslocações não necessárias para a capital da França, por se temerem novos confrontos de manifestantes.

Os protestos dos coletes amarelos acalmaram desde que o governo francês anunciou repensar a situação dos impostos de combustíveis. Porém, existe a possibilidade de haver mais manifestações nos próximos dias, pelo que o Ministério dos Negócios Estrangeiros emitiu um comunicado a recomendar aos portugueses que evitem “deslocações não necessárias a Paris”.

Segundo o “Observador”, a nota do Governo refere uma “forte possibilidade de confrontos” na capital francesa: “Embora não se possa prever exatamente o que irá acontecer no próximo fim-de-semana há, por parte das autoridades francesas, a indicação de que no dia 8 (sábado) irão continuar as manifestações em Paris”.

Segundo a nota, as autoridades francesas avisaram o governo de que pode haver novos protestos junto aos Campos Elísios, Arco do Triunfo, Bastilha, République, Galerias Lafayette, Assembleia Nacional, Senado e Denfert-Rochereau.

Está também prevista uma Marcha pelo Clima entre Nation e République para sábado.

Ainda de acordo com o “Observador”, as autoridades francesas têm, para este fim de semana, um forte dispositivo policial preparado. Quase 90 mil polícias andarão nas ruas, e há espetáculos, festas de Natal e até jogos do campeonato de futebol desmarcados ou adiados.