NiTfm live

Viagens

Esta agência de viagens paga-lhe para não fazer nada (literalmente nada)

A TUI está à procura de preguiçosos profissionais que vão ser pagos à hora para comer, dormir e relaxar.

Preguiçosos, cheguem-se à frente.

Passa os dias a olhar para o relógio na esperança que desta forma ele ande mais rápido? Ao fim de uma manhã no trabalho já sabe de cor todas as publicações dos amigos no Facebook? Meia hora antes da saída começa a fechar todas as janelas do computador e posiciona o cursor do rato em cima do botão “encerrar”? Pois é, nem todos os trabalhos são perfeitos. Com exceção talvez deste que temos para lhe mostrar agora.

A agência de viagens TUI está à procura de preguiçosos profissionais para passarem o dia a não fazerem nada. Literalmente nada. As funções laborais passam por relaxar num escritório em Estocolmo decorado como se estivesse numa praia mediterrânica, ignorar o stress do trabalho e concentrar-se apenas na sua felicidade.

Entre as qualificações está a incapacidade de pensar fora da caixa (sim, incapacidade), ficar desconfortável com palavras como “produtividade” ou “prazos” e gostar de estar sentado ou deitado.

Responsabilidades principais: nenhumas. O trabalho é pago à hora e os turnos part-time acontecem das 7 às 13 horas e das 13 às 19 horas. Há quatro lugares por ocupar. Apesar da desvantagem do trabalho ser em Estocolmo, é apenas para as datas de 22 de janeiro a 4 de fevereiro. Portanto, basicamente é como se fossem umas férias pagas. O que é que a agência de viagens ganha com isto? Pois, eles não dizem. Podemos assumir apenas que é uma bela estratégia de marketing. 

A TUI está a aceitar candidaturas até 14 de janeiro através do site. Não se preocupe muito com o processo — só tem de escrever meia dúzia de frases sobre si e sobre o porquê de ser a pessoa ideal para este trabalho.