NiTfm live

viagens

Cartões do metro de Nova Iorque vão ter imagens do 11 de setembro

Quem comprar bilhete nas estações perto do World Trade Center vai receber uma versão de edição limitada.
Cartões em homenagem à tragédia.

O ataque terrorista de 11 de setembro, em 2001, marcou diretamente a vida de milhões de pessoas. Todos nos lembramos de onde estávamos naquele momento em que as torres gémeas caíram em Manhattan, no centro de Nova Iorque. 

Atualmente, o cenário na cidade é completamente diferente, claro. Mas o município não quer que aquela tragédia caia no esquecimento. Por isso, a partir de quarta-feira, 15 de maio, os passageiros e turistas que comprarem um cartão de metro nas estações perto do World Trade Center vão receber uma versão especial de edição limitada. 

Segundo o jornal “The New York Times”, foram escolhidas quatro fotografias tiradas nos dias seguintes ao colapso das torres gémeas, onde se veem bombeiros, polícias e trabalhadores humanitários a tentarem encontrar as vítimas no meio dos destroços. Cada cartão terá uma destas imagens. 

Daniel Armenta, um bombeiro de San Francisco que faleceu de cancro em 2013, depois de ter estado no Ground Zero naquele dia, é uma das pessoas em destaque. Roslyn Nieves, que trabalhava para o Departamento de Polícia de Nova Iorque naquela altura, é outra das figuras dos cartões.

“Toda a gente conhecia alguém que morreu nas torres ou trabalhava nas torres. Então houve um mar de pessoas que se uniram. Quando eu vi isso, a forma como as pessoas se uniram, percebi que todos separaram as suas diferenças para ajudar”, disse ao jornal americano. 

Vão ser vendidos 250 mil cartões em dez pontos perto do Ground Zero (incluindo as estações mais movimentadas de Manhattan). O objetivo é homenagear os voluntários que ajudaram as vítimas durante aquele período e que acabaram por ficar com traumas físicos e psicológicos devido ao ataque.

Este é um dos quatro cartões.