NiTfm live

viagens

Breakup Camp: as férias que prometem curar desgostos de amor

Os retiros são realizados numa luxuosa propriedade privada perto de Nova Iorque, EUA. O próximo é em junho.
A meditação ajuda.

Tudo nesta viagem e neste campo parece saído de um filme de Hollywood— desde o conceito ao incrível espaço, passando pela história que o criou. Breakup Bootcamp é o novo retiro da moda nos Estados Unidos e fica numa localização perfeitamente acessível a partir de Portugal: perto de Nova Iorque, numa enorme herdade rodeada de floresta. É ali que se curam corações partidos, garante a fundadora. Longe de telemóveis, de ex-namorados ou namoradas, da cidade e do stress, passa umas férias de relaxamento mas também de algum trabalho e de auto-descoberta.

Tudo começou há cinco anos, quando a norte-americana Amy Chan estava num relacionamento com um homem com quem achava que passaria o resto da vida. Foi o seu primeiro grande amor e, como descreve no site do bootcamp, acabou por dar muito de si ao relacionamento, de mudar até. No final, “tudo se desfez em pedaços”, diz. “Não só perdi o meu parceiro, o meu melhor amigo, como perdi a minha identidade. Entrei em depressão, comecei a ter ataques de pânico e tive pensamentos de suicídio”, adianta.

Nesse período mais negro, ainda procurou lugares, campos ou retiros, onde pudesse ter a ajuda de que precisava, apoio para recuperar, mas não encontrou nada direcionado para o que estava a viver. Fast forward para dois anos complicados, durante os quais Amy acabou por fazer todo o trabalho e processo de cura e auto-descoberta sozinha. Chegou a ideia: de criar, ela própria, um campo que pudesse ajudar outras pessoas. 

Por essa altura, já tinha um blogue e recebia dezenas de pedidos de pessoas na mesma situação, à procura de conselhos e ajuda. Há cerca de um ano e meio decidiu então abrir o Renew Breakup Bootcamp.

O conceito por detrás do campo é simples: existem ferramentas que as pessoas podem ter para recuperar do fim de uma relação e dar um novo rumo à via. E, fazê-lo acompanhado por pessoas em situações semelhantes, com partilhas de histórias, sendo seguido por especialistas e num ambiente de férias e descontração, só ajuda no processo.

Os campos são realizados numa luxuosa e gigante propriedade em Saugerties, perto de Nova Iorque. Ao chegar, é pedido às pessoas que se desliguem do mundo digital. Isso mesmo, esqueça os telemóveis e Instagram — tanto que há poucas imagens e partilhas sobre o local.

Os retiros têm um limite de 15 pessoas por evento, para manter “uma atmosfera íntima, calma e segura” e incluem sessões com psicólogos, oficinas terapêuticas, palestras, passeios e caminhadas, ioga e meditação. Há também desporto com treinadores pessoais, workshops de chás, refeições biológicas feitas por um chef e nutricionistas.

Vários dos mais conceituados meios norte-americanos, do “The New York Times” à “CNN”, “Fortune” e “Vogue”, já visitaram o campo e descrevem, numa série de reportagens, um fim de semana prolongado de muita partilha, descanso e terapia. 

Os preços não são para todos os bolsos e três dias custam entre 1100€ e 2300€, o que não impede os retiros de esgotarem sucessivamente. Mas, por enquanto, ainda parece que há vagas no próximo campo, marcado entre 7 e 10 de junho. Além disso, pode sempre inscrever-se no site para ser avisado dos campos seguintes, que estão a ser planeados.

Para lá chegar, nada mais simples: consegue voos para Nova Iorque na altura do próximo campo a partir de 380€, ida e volta. Saugerties fica a menos de duas horas de carro ou autocarro.

Carregue na galeria para conhecer melhor este bootcamp para quem quer recuperar de um coração partido, enquanto se distancia de tudo.