NiTfm live

Viagens

Atenção, turistas: quem usar chinelos em Cinque Terre, em Itália, vai pagar multa

A nova regra tem como objetivo diminuir o número de acidentes causados por causa do calçado inadequado.
Os chinelos estão proibidos.

Se planeia passar férias em Cinque Terre, em Itália, aqui vão dois avisos importantes: prepare-se para as multidões na temporada alta e escolha bem o calçado que vai colocar na bagagem. A cidade pitoresca é a escapadinha de verão perfeita e está a atrair cada vez mais turistas. A previsão é receber pelo menos 750 mil visitantes em 2019, 300 mil a mais do que o número registado no ano anterior.

Como as famosas casas coloridas ficam na encosta da Riviera da Ligúria, muitos turistas teimam em escalar e caminhar próximo das falésias sem o calçado apropriado. Numa tentativa de diminuir o número de acidentes na zona, as autoridades italianas decidiram proibir o uso de chinelos e sandálias.

A partir do verão, quem for apanhado com calçados mais frágeis nas áreas não urbanizadas de Cinque Terre, pode ter de pagar uma multa que varia entre 50€ e 2500€, dependo da gravidade da situação.

Os socorristas já estão cansados de salvar pessoas que se envolveram em algum tipo de acidente nos terrenos íngremes e estreitos da região, porque não estavam devidamente equipados.

“O problema é que as pessoas vêm aqui a pensar que estão à beira-mar, mas os caminhos acima das aldeias são como trilhos nas montanhas. A segurança de todos está em jogo”, disse Patrizio Scarpellini, diretor do Parque Nacional de Cinque Terre, ao jornal italiano “Il Giornale”.

A nova regra pode parecer um exagero mas a equipa de resgate já teve que mobilizar um helicóptero para salvar um turista que teve um acidente por causa do uso inadequado de chinelos. No fim, os moradores da cidade ainda pagaram a conta.

Cinque Terre é considerada Património Mundial da UNESCO e é formada por cinco vilarejos — Manarola, Corniglia, Riomaggiore, Vernazza e Monterosso al Mare —, todos fincados em encostas rochosas de morros altos e emoldurados pelo Mar Mediterrâneo.

Não se esqueça de levar o calçado adequado para esta viagem.