Viagens

Apareceram umas mãos em Veneza e nós já sabemos porquê

Um artista italiano criou uma instalação de arte num dos canais da cidade. O “Support” foi desvendado este domingo e tem uma razão muito forte para estar ali.

Cada mão pesa 2500 quilos/Foto do Facebook Lorenzo Quinn

Desde 13 de maio que a fachada do hotel de luxo Ca’ Sagredo tem um par de mãos gigantes. A escultura foi construída pelo artista italiano Lorenzo Quinn, chama-se “Support” e parece estar a tentar não se afogar nas águas do Grande Canal de Veneza.

Apesar de serem bastante propícias a serem fotografadas para o Instagram, estas mãos têm outro propósito — chamar a atenção para o nível de água dos canais de Veneza, que continua a subir. A cidade poderá desaparecer visto que é composta por 118 ilhas e está suportada por pilares de madeira e fundações de mármore e lama.

O “Support” foi construído em três semanas pelo artista Lorenzo Quinn e, para serem colocadas no local, as mãos foram transportadas de barcos pelos canais. As mãos moldadas foram as do filho de onze anos do artista e cada uma pesa mais de 2.500 quilos.

Veneza é uma das várias regiões do mundo ameaçadas pela subida do nível das águas do mar. A aumentar a um ritmo recorde, uma investigação realizada pela Universidade de Harvard em 2014 concluiu que, nos últimos 25 anos, o mar ganhou mais de 250% de espaço à terra firme do que nos últimos 90 anos do século passado. Em 2100, a água poderá elevar-se de tal maneira que muitas ilhas e zonas costeiras desaparecerão do mapa. 

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo