NiTfm live

Viagens

Airbnb muda as regras: as “festas em casa” estão proibidas

Medida surge depois de uma festa de Halloween ter terminado em tragédia numa casa nos Estados Unidos.
Casa no Airbnb, em Penafiel.

Na noite de Halloween, a 31 de outubro, uma festa realizada numa casa alugada no Airbnb acabou de forma trágica. O encontro de amigos numa mansão na Califórnia, nos EUA, terminou com um tiroteio e cinco mortos.

Em resposta aos acontecimentos, no início de novembro, a plataforma de alojamento prometeu analisar os sete milhões de anúncios de casas que contém para evitar polémicas e tragédias semelhantes, e garantir ao máximo a segurança de todos os anfitriões e hóspedes.

Na quinta-feira, 5 de dezembro, a empresa apresentou o relatório em forma de nova lista de regras de segurança. Segundo o Airbnb, citado pelo jornal “Washington Post”, foi feito um investimento de 150 milhões em três áreas: normas aplicadas aos hóspedes; proibição de festas em casa; e criação de uma linha dedicada às autoridades locais para que possam entrar em contacto direto com os representantes da empresa. As alterações são válidas para todos os países em que a plataforma opera — incluindo Portugal, claro. 

Para as normas a serem aplicadas aos hóspedes será reforçada a vigilância relativa a barulho excessivo, convidados não autorizados, estacionamento, fumadores e hóspedes que requerem limpeza excessiva após o check out.

O final das festas pressupõe a proibição de festas com entrada aberta e reuniões grandes de pessoas que aconteçam em residências multifamiliares como apartamentos e condomínios. Os eventos privados só serão permitidos quando forem “autorizados pelos anfitriões”.