NiTfm live

Viagens

Air New Zealand vai passar a ter camas na classe económica

O projeto da companhia aérea neozelandesa chama-se Economy Skynest e consiste em seis cápsulas para viajar deitado.
Uma previsão das cápsulas.

A companhia aérea Air New Zealand anunciou planos para colocar camas individuais na classe económica em alguns dos seus voos de longa distância. Na passada quarta-feira, 19 de fevereiro, a empresa revelou um pedido de patente para aquilo a que está a chamar de Economy Skynest.

Esta inovação, que poderá demorar mais de um ano a materializar-se, irá consistir em seis cápsulas individuais com 200 centímetros de comprimento e 58 centímetros de largura, colocadas em filas de três, com duas camas em cada nível.

Serão seis ao todo.

Cada cápsula terá uma almofada grande, lençóis, mantas, tampões para os ouvidos e uma cortina de privacidade. A Air New Zealand ainda está a estudar se será possível incluir também uma luz de leitura e entradas USB.

O preço dos bilhetes com cama ainda não foi definido pela empresa, mas segundo uma representante, contactada pelo jornal “Guardian Australia”, as reservas seriam separadas de um lugar de avião regular.

“O conceito é uma cápsula que poderia usar durante o voo, mas continuaria a ter o seu assento separadamente para a restante duração da viagem”, explicou. Se o projeto avançar, a companhia pretende licenciar o Economy Skynest a outras empresas.