Viagens

Air Berlin deixa de voar no final de outubro

A companhia aérea deu início ao processo de insolvência em agosto e encerrará todas as operações até ao fim deste mês.

É o fim da Air Berlin tal como a conhecemos.

É o fim da Air Berlin. Segundo o site ATW, Frank Kebekus, diretor-executivo da companhia aérea alemã, enviou uma carta aos funcionários a explicar que estão a decorrer as negociações de venda da empresa, que entrou com o pedido de insolvência em agosto. Kebekus alerta que nem todos vão manter os seus empregos. 1.400 pessoas podem ficar sem trabalho.

O fim das operações da Air Berlin está marcado para 28 de outubro. Neste momento a Lufthansa é uma das concorrentes mais fortes para comprar parte da companhia aérea. Ao que parece, a empresa alemã está interessada em adquirir, entre outras parcelas, a companhia aérea de lazer Niki e a regional LBV. A oferta ronda os 200 milhões de euros. A easyJet também está na corrida, com uma oferta de aproximadamente 50 milhões de euros para comprar 30 aviões A320s. O International Airlines Group (IAG) também apresentou uma oferta, no entanto não de mostrou muito confiante. 

“Nós fizemos uma proposta vinculativa para a parte da Air Berlin, mas eu não acho que será alguma surpresa que a Lufthansa consiga”, disse Willie Walsh, diretor-executivo do International Airlines Group, ao site Routes Online. “De todos os ângulos, parece que o negócio foi projetado para facilitar a aquisição da Lufthansa, mas vamos esperar e ver. Nós não ouvimos nada oficial ainda“, pontua.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo