NiTfm live

Viagens

Falha no controlo aéreo em França lança o caos nos aeroportos europeus

Segundo os meios britânicos, a easyJet parece ser a companhia mais afetada, com dezenas de cancelamentos — incluindo de Lisboa.
A situação foi pior em Gatwick.

O Reino Unido parece ser o país mais afetado — e a easyJet a companhia com mais cancelamentos — mas a verdade é que, em plena época de fim de férias e de regresso de milhares de passageiros a casa, uma falha no sistema de controlo aéreo francês lançou o caos nas últimas horas em diversos aeroportos europeus.

Segundo os meios britânicos, Londres terá sido a cidade mais prejudicada pela “falha no computador” ocorrida no sistema francês no domingo, 1 de setembro, e que foi entretanto resolvida. Num efeito bola de neve e numa altura com milhares de voos programados por dia, a falha foi suficiente para motivar centenas de cancelamentos no domingo — só a easyJet terá cancelado dezenas de partidas— e a situação ainda continua a fazer-se sentir esta segunda-feira, 2 de setembro.

De acordo com o “The Sun“, depois de um dia caótico no domingo, os cancelamentos continuaram na manhã desta segunda-feira, dia 2 de setembro, com 10 voos da low cost britânica para o aeroporto de Gatwick afetados, incluindo a partir de Roma, Madrid e Lisboa. Há também outras companhias afetadas, como a British Airways e a Ryanair.

Os passageiros que viajam de Londres Heathrow e Bristol Airport também estão a ser afetados, bem como na Escócia e Irlanda; e muitos viajantes usaram o Twitter para mostrar a sua revolta. Por ser uma situação excepcional é levantada a dúvida de se existe direito a reembolsos mas, segundo a “BBC“, a EasyJet disse que entrou em contato diretamente com os passageiros afetados e que lhes deu a opção de transferir o seu voo gratuitamente ou de receber uma devolução.

A companhia aérea admitiu ainda ao canal que sofreu atrasos significativos e recomendou a todos os seus passageiros, independentemente do seu destino, de verificar o status do seu voo usando a ferramenta “rastreador de voo” on-line para obter informações em tempo real antes de ir para o aeroporto.

Aqui, pode-se confirmar que esta segunda-feira houve um voo da companhia cancelado entre Lisboa e Gatwick. Ainda segundo um especialista explicou à BBC, este efeito de grande escala aconteceu porque a França está “no coração do controle de tráfego aéreo europeu”. É esperado que a situação normalize em breve.