NiTfm live

Turismos Rurais e Hotéis

O Yotel está quase a chegar ao Porto — e vai ter smart beds

É a primeira unidade do grupo internacional na Península Ibérica. Vai abrir no início deste ano.
O espaço terá 153 quartos.

Desde o final de 2018 que se fala no assunto, mas só nos próximos meses é que vai abrir no Porto o primeiro Yotel da Península Ibérica. Vai ficar situado na Rua de Gonçalo Cristóvão, numa perpendicular à famosa rua de Santa Catarina. 

Esta chegada a território nacional representa um investimento de 30 milhões de euros. Enquanto marca que prima pela tecnologia, a Yotel pretende distinguir-se dos restantes hotéis portuenses pela inovação e modernidade. Isso traduz-se na inclusão de sistemas de wi-fi gratuitos, acesso a pontos de recarga nos quartos e espaços públicos, entrada sem chave e um check-in mais rápido em quiosques self-service.

No total, vai ter 153 quartos. O tema do design é a aviação, por isso vão parecer cabines de primeira classe, com pequenos detalhes alusivos. Todos os quartos vão ter smart beds — camas ajustáveis exclusivas.

O espaço terá ainda à disposição um ginásio — aberto durante 24 horas, todos os dias da semana —, máquinas de comida automáticas, sky bar e terraço no nono piso. Seguindo uma linha comunitária, o hotel contará ainda com áreas públicas multifuncionais, pensadas para que os hóspedes possam trabalhar ou descansar.

O projeto foi idealizado pela Nuno Leónidas Arquitetos. Neste momento, o grupo empresarial detém hotéis em Nova Iorque, Boston e São Francisco, nos EUA; e em Singapura; além da marca Yotel Air nos aeroportos de Paris, em França; Amesterdão, nos Países Baixos; e Londres, no Reino Unido.

A data de inauguração ainda não está marcada, mas o Yotel Porto já tem página no Booking e no site do grupo hoteleiro. Já é possível fazer reservas a partir de abril.