NiTfm live

Turismos Rurais e Hotéis

Há outros três hotéis em Lisboa que vão acolher profissionais de saúde

O My Story Tejo, o Turim Ibéria e o VIP Berna responderam a um pedido "urgente" dos hospitais Curry Cabral e São José.
O My Story Tejo, um dos envolvidos.

O pedido chegou de dois dos principais hospitais de Lisboa — o Curry Cabral e o São José — e a Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) respondeu. Há mais três hotéis de Lisboa que reabriram este sábado, 28 de março, para acolher gratuitamente 80 profissionais de saúde que precisam de descansar e se isolar, sem risco de contaminar a família com o novo coronavírus.

Em declarações à agência Lusa, a presidente da AHP disse que os hotéis My Story Tejo, na praça da Figueira, Turim Ibéria, na Avenida 5 de Outubro, e VIP Berna, na Avenida António Serpa, que estavam fechados na sequência da pandemia de Covid-19, abriram “especificamente, gratuita e generosamente as portas para acolher 80 profissionais de saúde”, num “momento de união e de entreajuda” a que o setor da hotelaria não tem ficado alheio.

“O Turim Ibéria e o VIP Berna porque estão mais próximos do Curry Cabral, e o My Story Tejo para acolher os 40 profissionais do São José”, explicou ainda Cristina Siza Vieira, salientando que, após o “pedido urgente” recebido por parte destes hospitais, foram necessárias apenas “duas horas para conseguir os 80 quartos” necessários. Segundo a dirigente associativa, esta é uma situação que se tem replicado “por todo o país”, onde “muitos e muitos hotéis, dos mais modestos aos de luxo, têm anonimamente oferecido a sua ajuda, acolhendo profissionais e doando muitos bens, equipamento e produtos”.