NiTfm live

Turismos rurais e hotéis

Sugestão NiT: Quinta da Palmeira, o sonho de um holandês que descobriu Portugal

Fica em Arganil e foi pensada para que os hóspedes se sintam em casa: quartos elegantes e garantia de paz e sossego.

“Nos primeiros cinco minutos senti-me diferente, uma sensação que não se explica. Percebi que era aqui que queria viver e construir o meu espaço”. Jack Brouns, 49 anos, nasceu na Holanda e sempre quis ter um hotel pequeno num país estrangeiro. A primeira ideia era que fosse na Croácia ou em Itália. Também pensou em Espanha, mas a verdade é que nada lhe agradava. Até que visitou Portugal em 2007 e tudo mudou.

A visita, em 2007, durou três dias, e depois voltou para a Holanda. Nos meses seguintes fez mais três viagens ao nosso País até escolher o sítio onde queria começar o seu projeto: “Escolhi o centro pela tranquilidade e pela natureza que envolvem os espaços”. Jack recorda ainda que o centro “tinha preços mais atrativos, o que também se revelou importante”.

Quinta da Palmeira fica na Cerdeira, em Arganil, e foi comprada em 2008. Nessa altura Jack veio sozinho para Portugal para começar o projeto que tinha pensado há anos: “Queria criar um hotel de charme pequeno, algo que tinha pensado desde sempre”. E foi depois de ter passado por um momento de saúde mais frágil que decidiu arrancar com o projeto.

Entre 2004 e 2006 lutou para recuperar de uma doença auto imune, rara, que afeta os nervos e os músculos — Síndrome Guillain–Barré. Depois de recuperar, Jack só pensava em mudar de vida e “cumprir os sonhos que tinha, porque amanhã podia ser tarde”. Portugal acabou por também ser a escolha perfeita já que “o clima mais seco e com sol é melhor para estabilizar o problema de saúde”.

Saiu da Holanda, deixando para trás um trabalho “stressante, sempre fora de casa, com muito trânsito, um clima mais escuro”. Jack assume que já não era 100 por cento feliz. Nos últimos anos era gerente de uma empresa que supervisionava a entrada e saída de produtos nos supermercados, um grupo que estava responsável por lojas na Holanda e na Bélgica.

O terreno era propriedade dos atores portugueses: Laurent Sinde Filipe e o pai, Sinde Filipe que ficou conhecido por participar em muitas peças e novelas da TVI, a última em 2014, “Belmonte”. Jack confessa ter visto muitas casas, muitas fotografias e estava cada vez mais complicado escolher. Estava no seu último dia de viagem e muito cansado, mas marcou uma visita a mais uma casa.

“Quando cheguei tive o mesmo sentimento de quando cheguei a Portugal. Senti logo que esta iria ser a casa para o meu projeto”.

A casa de 1890 foi comprada em 2008 e as obras começaram logo no início de 2009. Duraram dois anos e dois meses e em 2011 abriu portas. O proprietário confessa que ao olhar para o estilo de casa por fora, muito antiga, quis manter toda a fachada original.

A Quinta das Palmeiras tem uma casa principal com duas suites júnior e duas suites júnior premium. Há ainda uma casa, que funcionou como casa dos caseiros que ficavam na quinta quando a família estava em Lisboa. Hoje esse espaço é um apartamento que inclui uma cama king size e um sofá, na sala de estar, que se transforma em cama. Depois ainda há um anexo com dois quartos duplos e um quarto single que serve de apoio “por exemplo a famílias que viagem com um filho mais velho que já não queria ficar no quarto dos pais”.