NiTfm live

Turismos Rurais e Hotéis

O paraíso algarvio onde podemos namorar (e mandar os miúdos brincar à vontade)

Uma repórter da NiT passou duas noites no Vidamar Algarve Hotel e conta-lhe a experiência.
A piscina tem 74 metros.
90

Há oito anos que estou habituada a ser trocada por ela. Grande, toda aperaltada, como diz a minha avó, com acessórios de última geração, faz furor por onde passa. Não há uma única alminha que passe na rua e que não pare para observá-la. Tudo bem, nunca me incomodou assim tanto e o que é certo é que muitas vezes não me importo de estar mais tempo com ela.

Ela é a mota do meu namorado. O apaixonante veículo de duas rodas que o homem venera e que agora, sempre que vamos sem a criança para algum lado, faz questão de levar. A última vez aconteceu no fim de semana do Dia dos Namorados, 14 de fevereiro, e eu acedi.

Íamos passar duas noites a um hotel em que já tinha estado sozinha há uns anos, o Vidamar Hotel Algarve, na Praia dos Salgados, na Guia, e sempre quis regressar lá acompanhada. Nada melhor do uma escapadinha romântica para isso acontecer.

Rumámos a sul pela Nacional — não se aproveita uma viagem de mota se formos pela autoestrada, diz ele — e durante as duas horas e meia de viagem só pensei em três coisas: no frio que estava a passar, nas piscinas incríveis que tinha à minha espera e na massagem que estava marcada para o dia seguinte.

Cheguei ao hotel ainda antes das 20 horas do dia mais romântico do ano e ainda bem: o jantar estava marcado para essa hora e não podia ir sem antes estar pelo menos 10 minutos debaixo de um duche bem quente. Depois, depois seguiram-se duas noites bem passadas naquele que é um dos meus hotéis favoritos naquela zona — até quando temos os miúdos. Vamos a pormenores.

Os quartos

Acordar com um sol radiante a refletir numa piscina gigante com 74 metros de largura rodeada de vistosas palmeiras, ainda com o bónus de uma praia ao fundo, parece um postal das Bahamas, mas para isto nem temos de apanhar um avião. O cenário acontece em muitos dos quartos do Vidamar e nós tivemos a hipótese de ficar num deles.

A cama, essa, é king size e demasiado confortável para quem quer acordar cedo para ainda chegar a tempo do pequeno-almoço. A casa de banho ganha pontos por duas razões: tem um compartimento fechado para a sanita e a zona do duche tem dois chuveiros que funcionam em simultâneo — uma maravilha, portanto.

Um quarto com vista para a piscina.

O pequeno-almoço

Hotéis que têm uma zona dedicada às omoletes personalizadas pelos clientes sobem logo cinco pontos na minha consideração. Quando o sabor é tão bom quanto o aspeto, tudo melhora mais ainda.

O pequeno-almoço do Vidamar é mesmo um paraíso para quem vive para comer, tal como eu. Existem duas amplas salas com tudo aquilo a que temos direito: muita fruta fresca, sumos, pães, panquecas, bolos, queijos, presunto e muito mais.

As piscinas

São, sem dúvida, o ex-libris do hotel. Existem três no exterior: a tal com 74 metros de comprimento; e duas com água aquecida — uma delas para os miúdos. O espaço tem muita sombra natural vinda das palmeiras e uma mais-valia: é tão grande que se quisermos estar a apanhar sol não vamos estar constantemente a ouvir a conversa do vizinho do lado. 

Destaque ainda para a piscina interior de água salgada onde só podem entrar adultos. Tem uma zona com jacuzzi perfeita para quem quer fugir à confusão e estar tranquilamente a relaxar. No spa existe ainda outra piscina de água quente onde pode ir toda a família.

A piscina de água salgada.

A massagem

Em fim de semana romântico há que ser… romântico, por isso aproveitámos a massagem para casal. Demora 80 minutos e é qualquer coisa de fenomenal. Começa com 20 minutos numa banheira de hidromassagem e termina com uma massagem ao corpo todo de uma hora.

Terminámos numa sala de relaxamento com espumante e morangos com chocolate. Há sensação melhor? O OSMOS Wellness Center tem seis salas de relxamento, fontes de gelo, sauna e banho turco. O acesso ao spa custa 20€ por dia e inclui touca e toalha de banho.

Uma sala de massagens.

O atendimento

Se há coisa que prezo num hotel são funcionários que não se metem na vida dos clientes — nem tentam, forçosamente, mostrar demasiada simpatia. Ao que parece, neste hotel, a lição está bem estudada. São amáveis quanto baste e não fazem demasiadas perguntas.

Nota importante: quando o meu cartão deixou de funcionar e encontrei uma emprega de limpeza pedi-lhe para me abrir a porta do quarto. Disse-me que era melhor ir à receção pedir um novo cartão. Foi chato? Foi, mas adorei a sensação de segurança. Afinal, aquele quarto podia não ser o meu e eu uma assaltante disfarçada.

Os restaurantes

As estadias no Vidamar são com meia-pensão — a refeição é feita no restaurante Ocean Buffet. Tivemos oportunidade de experimentar o Aji Oriental Flavours, onde provámos um menu de sushi fresco e saboroso (aplausos para o tataki de atum com salada de algas e ovas). O preço médio é de 25€ por pessoa.

No dia seguinte jantámos no buffet e quisemos repetir o robalo grelhado e o risotto de espargos — o preço médio igual ao anterior. Há ainda mais três restaurantes: o Olivo Meat and Wine (35€, aproximadamente); o Sunset Restaurant & Bar (20€ por pessoa) e o Primadonna Ristorante Italiano (20€ de preço médio).

Destaque ainda para a ampla receção com dezenas de mesas e sofás individuais onde funciona um bar até tarde. Nas duas noites ficámos a conversar com amigos como se estivéssemos num espaço exterior sem a preocupação de fazer menos barulho. 

O Ocean Buffet.

O kids club

Um kids club num hotel é um pequeno paraíso na vida do pais. Este está aberto todos os dias, das 10 às 22h30 com atividades durante todo esse tempo, o que quer dizer que dificilmente os miúdos ficam sem coisas para fazer.

A programação muda todas as semanas — na receção do Vidamar encontra essa informação. Há, por exemplo, tardes de cinema, minidisco, malabarismo, festas do pijama, jogos de bola, competição de pinturas, karaoke, passagens de modelos e jogos tradicionais.

Os preços

Tal como já disse, o Vidamar funciona apenas em regime de meia pensão. Em época baixa os preços começam nos 109€ para os quartos Prestige Vista Resort e 392€ em época alta. Os Premium ficam por 276€ em época baixa e 602€ na alta.

A ampla receção.