NiTfm live

Turismos Rurais e Hotéis

O Zmar está à venda por 3,3 milhões de euros

O eco-resort está em insolvência. As propostas podem ser apresentadas até dia 26 de setembro, mas ainda só há uma oferta.
Empresa que detém maioria do espaço está insolvente.

É um dos espaços mais procurados por veraneantes que se escolhem a costa alentejana para passar férias, já ganhou reconhecimento nacional e internacional e no entanto a empresa que o detém está insolvente. O Zmar Eco Camping está à venda em leilão até 26 de setembro. 

A notícia foi avançada esta segunda-feira, 16 de setembro, pelo “Dinheiro Vivo“. Segundo este meio, o espaço de alojamento próximo da Zambujeira do Mar está à venda em leilão até 26 de setembro. E a menos de 10 dias de terminar o prazo, o parque de campismo recebeu apenas uma licitação, bem abaixo do valor base: a oferta foi de 2.599.461 euros, a base é 3.249.326 euros.

O “Dinheiro Vivo” explica que o que está à venda é a participação social da Cravex — a empresa insolvente —de 56,6 por cento na Multiparques — a empresa que explora o Zmar Eco Camping.

O espaço tem 81 hectares, capacidade para 1572 pessoas distribuídas por um eco-hotel com bungalows e parque de campismo para tendas e caravanas. Há ainda piscina coberta e descoberta, polidesportivo, restaurante, bar, supermercado, balneários, parque de diversões, quinta pedagógica e centro de interpretação ambiental. 

Em 2016, o eco-resort sofreu um incêndio que terá causado prejuízos avultados. Menos de um ano depois, o Zmar acabou por ser eleito o melhor ecoturismo de Portugal no concurso Portugal Cinco Estrelas relativo a 2017.