NiTfm live

Turismos Rurais e Hotéis

Covid-19: Herdade da Malhadinha Nova é o primeiro hotel a fechar em Portugal

Fica em Beja e anunciou o encerramento temporário de todas as atividades hoteleiras, bem como de enoturismo e restauração.
Hotéis encerram.

A Herdade da Malhadinha Nova Country House & Spa, nos arredores de Beja, é o primeiro hotel a encerrar em Portugal como medida de prevenção face ao surto do novo coronavírus.

“Tomámos esta decisão por querermos ter um papel ativo na prevenção. Acaba por ser uma forma de nos sentirmos úteis numa altura onde nos sentimos tão impotentes. Mas olhando para o caso de Macau, que tomou decisões prematuras com um efeito muito positivo, não podemos seguir o caminho de Itália e Espanha”, explica à NiT Rita Soares, proprietária do alojamento.

A gerência cancelou as muitas reservas que tinham até ao final de março. Na última semana deste mês irão reavaliar a situação. “Apelamos a outros hotéis que façam o mesmo.”

A Herdade da Malhadinha Nova Country House & Spa registou poucos cancelamentos efetuados pelos hóspedes. “Estamos a contactar os hóspedes por telefone ou email, têm sido muito compreensivos e acabam por agradecer a decisão tomada. Aqueles que são estrangeiros e já estão em Portugal ajudamos o seu realojamento. Uns hóspedes irlandeses que têm uma filha pequena, por exemplo, foram para Sagres. Sentem-se mais seguros cá, na natureza, do que em regressar ao seu país”, refere a proprietária.

O programa para a Páscoa que já estava preparado não será divulgado. Esta sexta-feira, os funcionários fecharam o hotel e já estão nas suas casas. “Temos funcionários do Porto que preferem ficar cá. Continuamos a garantir o seu alojamento. Alguns optam por marcar férias, outros gozar folgas, e outros ainda irão ser realocados para a agricultura e enoturismo, onde temos trabalho a ser feito. Mas, até quando for possível, ninguém sairá prejudicado. Não dispensámos ninguém.”

Também o Aqua Village Health Resort & Spa, em Oliveira do hospital, encerrou esta sexta-feira as suas instalações pelo mesmo motivo. “Nada é mais importante que a saúde de todos. A reabertura do resort fica condicionada à reavaliação e acompanhamento permanente da evolução desta pandemia”, lê-se no comunicado enviado às redações.