Miúdos

O que é que vale mesmo a pena fazer com os miúdos na Feira do Livro

A 87.ª edição está de volta ao Parque Eduardo VII e traz oficinas, acampamentos, teatro de marionetas, desfiles e muitas mascotes para tirar selfies.

Os miúdos até podem acampar na Feira do Livro

Qual é coisa, qual é ela, que tem uma Hora H com promoções, bancas de comida, atividades para toda a gente e livros que nunca mais acabam? É tão óbvio que nem precisamos de responder. A 87.ª edição regressa ao Parque Eduardo VII, em Lisboa, de 1 a 18 de junho, e vem carregada de novidades. Sessões de show cooking, um Refrescão com água para os animais, uma aplicação e uma iniciativa para reutilizar obras são apenas alguns exemplos. Vale a pena recordar o artigo da NiT com tudo o que há de novo.

Mas sobre isso já tínhamos falado. O que lhe queremos mostrar agora é outra coisa. Toda a gente sabe que a Feira do Livro tem sempre atividades para entreter os miúdos — o primeiro dia do evento até calha precisamente no Dia da Criança. No meio de tanta coisa para fazer, porém, que é que vale mesmo a pena? O que é que os vai deixar verdadeiramente loucos de alegria, que logo à noite vão abraçá-lo e dizer que têm a melhor mãe e o melhor pai do mundo?

A resposta está aqui. Acampamentos, oficinas, teatros de marionetas, desfiles e até um Lobo Mau a distribuir presentes. Carregue na imagem para descobrir o que é que vale mesmo a pena fazer com os miúdos na Feira do Livro.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo