Miúdos

Os miúdos vão poder levar os seus brinquedos ao Hospital da Bonecada

Entre 24 e 30 de abril, o Centro Comercial Colombo recebe a 16.ª edição do Hospital da Bonecada by Bepanthene Plus.

Foto de Hospital da Bonecada

Se tem um miúdo aí por casa que fica com os olhos cheios de lágrimas de cada vez que tem de ir ao médico, pode respirar fundo. Esses momentos dramáticos estão prestes a chegar ao fim. Entre 24 e 30 de abril, a Praça Central do Centro Comercial Colombo vai receber a 16.ª edição do Hospital da Bonecada by Bepanthene Plus. Neste hospital do faz de conta, os miúdos dos três aos dez anos vão perceber como funciona o ambiente do hospital e perder o medo dos homens e mulheres de bata branca.

Os miúdos só têm de fazer uma coisa: levar os seus filhos e amigos bonecos para serem tratados pelos doutores. Especialidades não faltam: Medicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Psicologia, Nutrição, Imagem Médica, Medicina Dentária, Terapia da Fala. E só para darmos alguns exemplos.

A aventura começa na sala de triagem, onde os “doentes” são vistos antes de serem encaminhados para os consultórios médicos. Os miúdos que se preparem, uma vez que vão ter de explicar as doenças dos seus filhos brinquedos. Segue-se a Sala de Desinfeção e o Bloco Operatório, onde as crianças vão perceber como funciona uma cirurgia, já na Sala de Tratamentos vão ajudar os estudantes de enfermagem a fazer os devidos curativos aos seus brinquedos.

E mais não dizemos — não queremos arruinar a brincadeira. O Hospital da Bonecada é uma iniciativa promovida pela Associação de Estudantes da NOVA Medical School – Faculdade de Ciências Médicas (AEFCM). Além dos cursos que habitualmente participam nesta iniciativa, a edição deste ano vai contar ainda com a participação de 700 voluntários.

A iniciativa vai decorrer entre as 9 e as 21 horas.

Em parceria com a Xistarca, o Hospital da Bonecada realiza a 7 de maio a sexta edição da Corrida Dona Estefânia. Recorde o artigo da NiT sobre o evento.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo