NiTfm live

Miúdos

Presidente da República diz que as escolas não devem reabrir em abril

Marcelo Rebelo de Sousa considera que as medidas de contenção terão de permanecer este mês, sendo inevitável incluir escolas.
Ainda sem data de regresso.

A decisão final é tomada pelo governo esta quinta-feira, 9 de abril, mas é quase certo que apontará num único sentido: a permanência das escolas portuguesas fechadas, restando saber apenas durante quanto tempo.

Esta terça-feira, dia 7, o Presidente da República frisou que as escolas não deverão abrir este mês e apontou a sua — ainda assim apenas possível — reabertura para maio.

Segundo o “Eco“, citando Marcelo Rebelo de Sousa à saída de uma reunião de trabalho, tanto no plano escolar como no restante é preciso que Portugal mantenha “o esforço durante o mês de abril” para depois poder então “virar uma página”.

A “Dinheiro Vivo” acrescenta que o Presidente ainda reforçou uma ideia que tem vindo a defender: que a altura é ainda de contenção, sobretudo na Páscoa, porque todos os dados de uma aparente subida menor do número de infetados são precoces. “Há um período de incubação e pode ser visível só cinco, seis, sete dias depois. Faz sentido falar da importância destas semanas até ao fim do mês”, acrescentou.