NiTfm live

Viagens

Lisboa vai ter um bairro pop up com arte, música e comida (e a entrada é livre)

O Bairro Metropolitan vai estar no novo terminal dos cruzeiros, em Santa Apolónia, de 3 a 6 de outubro.
Vai ser no novo terminal de cruzeiros.

A agenda cultural vem em forma de revista, no novo evento que chega a Lisboa já no próximo mês. O Bairro Metropolitan vai ter música, gastronomia, instalações artísticas e quatro atuações (uma por dia) a começar às 21h55.

Se passar por lá, entre 3 e 6 de outubro (quinta-feira a domingo), recebe a Metropolitan Magazine, um guia pelos recantos do espaço que vem em português, inglês, francês e espanhol. Este bairro fora do normal vai instalar-se no novo terminal dos cruzeiros, em Santa Apolónia, antes de seguir para outras cidades portuguesas.

Além das iniciativas culturais, o projeto pretende consciencializar os visitantes para o respeito pela natureza e a sustentabilidade, com a utilização de matérias primas amigas do ambiente, contentores marítimos e uma rua dedicada à preservação do lince ibérico.

Lisboa será a primeira cidade portuguesa a receber um bairro verdadeiramente único e atípico, inspirado na magia, no mistério e no universo circense e formado por vários espaços pop up instalados em contentores marítimos e numa tenda tensionada. Mas estamos a falar de um bairro, pelo que cada rua tem um nome e um tema: a art street, wine garden, food corner, pink street e barber shop.

Catarina Glam, Rita Ravasco, Vanessa Teodoro e Maria Imaginário serão as artistas convidadas. O Bairro Metropolitan vai estar a funcionar ao longo dos quatro dias com entrada gratuita. A 3 e 4 de outubro, as portas estarão abertas entre as 18 horas e as três da manhã; no dia 5 fecha à mesma hora, mas começa às 17 horas e no último dia o horário será das 11 às 22 horas.

Para saber mais informações, consulte as páginas de Facebook e Instagram do evento.