NiTfm live

turismos rurais e hotéis

Já pode dormir num OVNI, no País de Gales

Se sempre quis experimentar a sensação de estar numa nave de extra-terrestres, nas próximas férias vai mesmo poder dormir numa (mais ou menos).

O alojamento mais kitsch de sempre.

“Spodnic Space Ship — Amazing Spaces UFO”. Decore este nome (ou pelo menos tente),  se sempre teve vontade de conhecer o interior de um OVNI, pois a próxima vez que visitar o Reino Unido, até já pode dormir num. Trata-se de um alojamento do Airbnb, cativante e bem sucedido — mas mais por ser tão arcaico e kitsch do que propriamente realista, ou verdadeiramente espacial.

Não deixa de ser um espaço único no mundo, este alojamento em jeito de glamping do Espaço. Fica no Sul de Gales, na região campestre de Templeton, Pembrokeshire. Pertence e é gerido por um casal, Carol Anne e Martin, e tem uma história incrível. 

Explica-se na página da plataforma de alojamento local, que o “Spod” fazia parte do legado das Olimpíadas de Londres em 2012. Terá sido comprado num leilão e remodelado pelo casal que, adianta a “Lonely Planet”, sempre foi apaixonado por ficção cientifica.

Movidos por esta paixão, Carol Anne e Martin transformaram o casulo numa “cápsula intergaláctica de glamping”, assim o descrevem, ou um T0/estúdio versão OVNI com vista para as estrelas, “feito para acomodar confortavelmente duas a quatro pessoas, desta terra ou de outra”.

Tudo aqui pretende ser espacial e por isso tudo é mega kitsch, a começar pelo gigante extra-terrestre verde, numa bolha no seu topo, que funciona como mascote do espaço. Ou o robot, uma espécie de C3PO caseiro, que recebe os visitantes à entrada.

Os quartos.

Para abrir a porta do Spodnic, só com um controle remoto (tipo carro, mas em modo nave espacial, até porque a porta abre de cima para baixo, estendendo uma rampa). Uma vez lá dentro, tem todas as comodidades e serviços essenciais, como roupa de cama, toalhas, fogão elétrico completo, água corrente quente e fria, utensílios e mesa de cozinha. 

A decoração inclui alienígenas, roupas espaciais e capacetes de astronautas, e à noite o casulo ilumina-se com luzes LED para aumentar ainda mais a atmosfera de ficção científica. Mas se preferir, desligue as luzes porque o céu em Templeton é totalmente estrelado, e a experiência assim até fica mais real.