NiTfm live

Na cidade

Zoo de Lisboa tem programa especial para celebrar a vida das abelhas

A inicitiva pretende alertar para a importância dos polinizadores na vida do planeta.
1/3 dos alimentos que chegam ao nosso prato depende de polinizadores

Cerca de 80 por cento das plantas com flor do planeta precisam de animais para serem polinizadas, mas não são apenas as abelhas que o fazem. Borboletas, abelhas, moscas, abelhões, vespas, formigas e escaravelhos são alguns dos insetos sem os quais a vida na Terra seria muito diferente.

Por isso, o Jardim Zoológico de Lisboa preparou um programa especial para assinalar o Dia Mundial da Abelha, que se assinalou esta segunda-feira, 20 de maio. Reconhecendo a importância dos polinizadores e da fauna e flora autóctones, no dia 1 de junho, o Zoo vai realizar o workshop “Construção de Abrigos Para Aves e Insetos”.

Esta é uma atividade gratuita, inserida no “Clube da Natureza”, que irá decorrer na zona franca do Jardim Zoológico. A iniciativa procura sensibilizar os participantes para os problemas relacionados com a biodiversidade local através da construção de ninhos para aves e hotéis para insetos.

Este dia vai ter ainda várias atividades que pretendem explicar como pequenas mudanças no dia a dia podem fazer a diferença na preservação da biodiversidade. O espaço lembra que, com o desenvolvimento das cidades, a fauna está a sofrer uma pressão cada vez maior, pelo que é importante fazer de cada parque, jardim ou varanda um ponto de apoio para garantir a sobrevivência destes animais e o equilíbrio dos ecossistemas. 

Para conhecer a programação completa basta visitar o site do Jardim Zoológico.