NiTfm live

Na cidade

Vai poder desafiar a gravidade no novo túnel de vento do Grande Porto

A experiência de queda livre da DreamFly Porto abre no dia 13 de novembro. O vento pode chegar a velocidade de 270 km/hora.
Simulacro de voo.

Se é uma daquelas pessoas que é viciada em adrenalina, esta notícia é para si. A DreamFly Porto vai inaugurar na quarta-feira, dia 13 de novembro, uma experiência de queda livre num túnel de vento vertical. É a nova atração do Auchan Maia.

Os corajosos que ainda não estão convencidos de atirarem-se de um avião podem preparar-se para este momento e aprender o básico do bodyflying no túnel de vento com sete metros de altura e três de largura — um dos maiores da Europa.

“O túnel de vento é composto por motores, e o vento proveniente de baixo forma uma densa coluna de ar dentro do tubo de vidro, o que torna possível voarem qualquer posição. A velocidade do vento é ajustada ao tamanho da pessoa no voo, tornando o túnel de vento o local perfeito para experienciar a queda livre e praticar o bodyflying”, refere o site da empresa.

Segundo a organização, um minuto de voo é equivalente a uma descida de uma altitude de quatro quilómetros. Para usufruir da atração não é preciso ter experiência prévia e a atividade pode ser praticada por crianças a partir de quatro anos.

Para experimentar o túnel de vento individualmente, os adultos pagam 54€ para voar durante dois minutos e os miúdos entre 4 e 12 anos pagam 44€. Um voo em família, para até cinco pessoas, custa 225€. São incluídos dez voos, dois por cada pessoa, mas cada um usufrui da experiência separadamente.

Mas as boas notícias não ficam por aqui: a DreamFly pretende chegar à Grande Lisboa, mais especificamente a Rio Mouro (Sintra), ainda no primeiro semestre de 2020, segundo noticia o jornal “Público“. O túnel de vento vai funcionar de quarta-feira a sábado, do meio-dia às 21 horas, e aos domingos das 11 às 20 horas.