NiTfm live

Na cidade

Um fotógrafo português captou a beleza de África — as imagens são surreais

Miguel Almeida Bruno trouxe “Eyes of Africa” a Lisboa, numa exposição gratuita. A NiT dá-lhe uma amostra do que pode esperar.
Foto de Miguel Almeida Bruno.

São as paisagens, as pessoas e a vida selvagem de África capturadas num momento, retratadas em imagem pelos olhos — ou, neste caso, as lentes — de quem tão bem conhece o continente.

Miguel Almeida Bruno é português e guia de vida selvagem em vários países africanos. Este ano, decidiu partilhar com o mundo as incríveis imagens da vida selvagem e da cultura que conseguiu imortalizar em fotos nesta região única no mundo.

O fotógrafo de 53 anos passou parte da sua infância em Angola, algo que o marcou para sempre. A paixão por este continente fê-lo regressar e dedicar a sua carreira à vida selvagem e ao ecoturismo. Trabalhou e viveu em países como a Mauritânia, Guiné-Bissau, Camarões, Zâmbia, Zimbabwe, Botswana, Namíbia, Moçambique e Tanzânia — este último é onde atualmente passa a maior parte do seu tempo a desenvolver um projeto de safaris onde atua como organizador, guia e fotógrafo.

Desde julho de 2011, Miguel é também promotor e gerente de operações de uma empresa com um conceito alternativo com rotas e safaris fluviais, com sede em Moçambique, e foi responsável pelas instalações das atividades no Parque Nacional da Gorongosa.                

Além do amor por África, o português tem outra paixão: a fotografia — que usou como um meio de divulgação do seu trabalho e uma partilha do que vê na região.

A Lisboa, chega assim “Eyes of Africa”: a exposição de um guia de viagens que retrata o continente em imagens. A mostra pode ser visitada na Galeria Xperience (Avenida Fontes Pereira de Melo, 27), de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 19h30; e aos sábados, das 10 às 14 horas, até ao dia 15 de março. A entrada é gratuita.

Entretanto, carregue na galeria para conhecer algumas das incríveis imagens de Miguel Bruno.