NiTfm live

Na cidade

Testámos a nova app da EPAL — afinal, a qualidade da água é igual em todo o lado

A aplicação foi lançada com o intuito de informar os utilizadores sobre a qualidade do abastecimento em várias zonas de Lisboa.
A app foi lançada a 28 de julho.

Chama-se H2O Quality e é a primeira aplicação do mundo que permite aos utilizadores conhecer a qualidade da água em qualquer zona da cidade. A app é portuguesa e foi lançada pela EPAL (Empresa Portuguesa das Águas Livres) no domingo passado, 28 de julho. Mas há um dado insólito nos primeiros resultados apresentados: segundo a aplicação, a água tem a mesma qualidade em qualquer sítio de Lisboa onde se encontre.

A NiT testou a aplicação ao longo de todo o dia desta segunda-feira, 29 de julho. A H2O Quality mostra um mapa muito semelhante ao que pode encontrar no Google Maps, em que o foco está todo sobre a capital portuguesa. Há dezenas de pins que apontam para os sítios onde pode encontrar bebedouros públicos e qual o melhor caminho para lá chegar. Mas a componente principal é o pin que lhe permite saber a qualidade da água em qualquer zona da cidade, quer o utilizador se encontre nesse local ou não: pode navegar pelo mapa e usar o ícone para consultar a percentagem de segurança do abastecimento ou digitar uma morada específica.

O teste que a NiT fez revelou que, no separador “água segura”, a percentagem de segurança é sempre exatamente a mesma — 99,65 por cento — quer esteja em Benfica, Belém, Campo de Ourique ou Alvalade. O que pode efetivamente mudar é a sua composição. Parâmetros como cloretos, nitratos e o pH, ou a quantidade de metais, como cálcio magnésio e sódio, variam de zona para zona.

Contudo, e uma vez que os dados são atualizados diariamente na aplicação, é possível que, no futuro, possa haver situações em que a aplicação apresente resultados diferentes dos que se verificaram durante o teste da NiT. Isto apesar de, nas imagens enviadas pela empresa à redação da NiT para apresentação da App, no dia 26 de julho, os valores percentuais de qualidade da água serem os mesmos que se verificavam esta segunda-feira.

À NiT, a agência responsável pela comunicação da EPAL explica que os valores apresentados na aplicação “são dados da ERSAR [Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos] para o concelho de Lisboa, daí aparecer o mesmo valor em todas as freguesias”, sublinhando que “o que difere de umas para as outras são os valores como o cálcio, o magnésio, o manganês e o sódio”. 

A app H2O Quality está disponível para os sistemas iOS e Android. A EPAL tem duas outras aplicações: a myAQUA (Android e iOS), que permite aos clientes gerir dados do contrato, e a Museu da Água (iOS e Android), com informações sobre os espaços culturais.

A imagem partilhada pela EPAL.