NiTfm live

Na cidade

Táxis proibidos de transportar passageiros no banco da frente

A medida entra em vigor esta segunda-feira, 23 de março, e aplica-se também aos serviços das plataformas TVDE como a Uber ou a Kapten.
A medida entra em vigor dia 23 de março.

A partir desta segunda-feira, 23 de março, os serviços de transporte de passageiros, como táxis ou empresas TVDE (como a Uber, por exemplo), vão ter de implementar novas regras de prevenção de contágio por coronavírus. As medidas foram avançadas este domingo, 22 de março, pelo Ministério do Ambiente, adianta o “Dinheiro Vivo”.

Assim, de acordo com o despacho assinado pelo ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, a partir das 00h00 desta segunda-feira, passa a ser proibido o transporte de passageiros no banco dianteiro. “Deve restringir-se o acesso ao banco dianteiro, devendo ser acautelada a renovação do ar interior das viaturas e a limpeza das superfícies”, avança a nota de imprensa enviada pelo ministério do Ambiente.

De acordo com o mesmo documento, as câmaras municipais vão poder limitar a circulação de táxis e outros veículos similares de transporte de passageiros, enquanto se mantiver o estado de emergência no País. O despacho determina que, no limite, pode ser aplicada uma regra que defina que nos dias pares apenas circulem os veículos com número de matrícula par e nos dias ímpares os veículos com números de matrícula também ímpares.

Além de táxis e Uber, vai também haver novas medidas nos restantes transportes públicos. Tanto no metro como nos autocarros que servem as cidades, a lotação de cada carruagem ou veículo passará a ser reduzida para um terço, por forma a garantir a distância entre os passageiros.

Este domingo foi confirmado o aumento do número de casos de Covid-19 em Portugal, que cresceu 25% nas últimas 24 horas, para um total de 1600 (mais 320 do que no dia anterior). Há 14 mortes.