NiTfm live

Na cidade

Sinal vermelho nas praias não vai impedir o acesso das pessoas ao areal

Esta quinta-feira, 21 de maio, o Ministro do Ambiente João Pedro Matos Fernandes garantiu que "o acesso é livre".
Não vai ser assim.

Este ano, devido ao surto de Covid-19 que se instalou em Portugal, é obrigatório manter o distanciamento social durante o verão — além de outras medidas de higiene e segurança. Nas praias, por exemplo, já foram anunciadas quais são as medidas que vão ser implementadas, de forma a reduzir a possibilidade de o vírus se propagar.

De todas elas, há pelo menos uma que tem suscitado várias dúvidas: quando o sinal estiver vermelho podem continuar a entrar pessoas no areal? Esta quinta-feira, 21 de maio, o Ministro do Ambiente João Pedro Matos Fernandes esclareceu no final do Conselho de Ministros.

“O acesso é livre”, disse. Quer isto dizer que, embora a apresentação do sinal vermelho signifique que “as pessoas não devem ir para essa praia”, este não é uma “proibição”.

Segundo o “JN“, “o que ficará claro no decreto-lei que ainda não foi publicado, de acordo com o ministro do Ambiente, é que ‘no caso de haver um incumprimento reiterado’, ou seja, ‘um, dois, três dias seguidos’ em que a lotação da praia é ultrapassada, ‘por razões apenas de saúde pública, essa praia poderá ser encerrada.

Leia o artigo da NiT em que lhe mostramos todas as medidas que estão previstas para os areais de todo o País durante o verão.