NiTfm live

na cidade

Se atirar uma moeda à estátua de Santo António, ele diz-lhe quando é que se casa

Museu de Lisboa tem desafios para solteiros, namorados e um peddy-paper gratuito da "fotografia mais melosa".
Atire uma moeda e veja a sua sorte.

Para este dia de São Valentim, 14 de fevereiro, o Museu de Lisboa está a lançar um desafio que pode prever o seu futuro amoroso. Seguindo a tradição, a organização desafia todas as pessoas que estão à procura de um novo amor a lançar uma moeda à estátua de Santo António “de modo a que acertem no livro aberto”. Pode anotar já: a estátua encontra-se junto ao museu, no Largo de Santo António da Sé, em Lisboa. 

E quando acertar? “O número de tentativas corresponde ao número de anos que faltam para se concretizar o desejado”. Por isso, conte bem. Se quer muito casar com o seu namorado e ainda não sabe quanto tempo vai ter que esperar, esta pode ser uma boa altura para ficar a saber. 

Com mais sorte ou azar, no dia seguinte, 15 de fevereiro, pode também participar na conversa “Sortes, simpatias e receitas para encontrar o amor”, que começa pelas 18 horas, no Museu.

No sábado, 16 de fevereiro, há também um peddy paper com a mesma temática, entre as 14h30 e as 18h30. O objetivo é que os casais encontrem o melhor sítio de Alfama para tirar a “fotografia mais melosa”. A participação é gratuita. 

A programação de São Valentim do Museu de Lisboa termina a 17 de fevereiro, domingo, com uma visita às tradições casamenteiras de Santo António. Esta iniciativa começa pelas 15h30 e custa 3€. Se quiser participar, pode enviar um email para servicoeducativo@nullmuseudelisboa.pt para marcar.