back in town

Sai da frente Silicon Valley, vem aí o “Oeiras Valley”

Segundo Isaltino Morais, presidente da Câmara Municipal, a chegada da Google ao parque tecnológico Lagoas Park não é uma surpresa. 

É aqui que a Google se vai instalar.

A zona de Silicon Valley, no estado norte-americano da Califórnia, é conhecida há vários anos por ser o local que as grandes empresas ligadas à alta tecnologia escolhem para instalarem a sua sede. Apple, Facebook, Netflix ou HP são algumas das gigantes tecnológicas que têm edifícios neste local. No entanto, as coisas estão a mudar, e parece que a região vai ter um concorrente à altura: a cidade de Oeiras.

A Google está prestes a chegar a Portugal, e a região de Oeiras, mais concretamente o parque empresarial Lagoas Park, em Porto Salvo, foi o local escolhido para o novo centro de operações da empresa norte-americana. Segundo avança o “Observador”, citando a própria Google, o centro de operações vai servir fornecedores de vários países e criar oportunidades de emprego — 535 novos postos, para começar.

Para Isaltino Morais, presidente da autarquia, o facto de a Google ter escolhido a região de Oeiras para instalar o seu novo “hub tecnológico” não é surpreendente. Já existem outras empresas com escritórios nesta cidade, como é o caso da Cisco ou da HP, o que torna o concelho num “Oeiras Valley”, numa clara alusão à região da baia de São Francisco.

“[Esta realidade] veio ao de cima devido a todo o mediatismo da instalação da vinda da Google aqui para o nosso território”, refere o presidente. “Oeiras é hoje já o município com mais empresas desse género.”

Ainda segundo o presidente, que foi reeleito nas autárquicas de outubro de 2017, as empresas escolhem Oeiras por saberem que é bom local para trabalhar.

“Estes parque empresariais são espaços saudáveis do ponto de vista do trabalho”, diz o autarca. “[as empresas] escolhem onde se vão sentir melhor, onde têm melhores condições de acolhimento, melhores infraestruturas das telecomunicações.”

O anúncio da chegada da Google a Portugal foi feito pelo primeiro-ministro António Costa a 24 de janeiro durante o Fórum Económico Mundial, na Suíça. Os novos serviços da empresa instalam-se em Oeiras a partir de junho de 2018.